Mercado de luxo é tema de palestra em Rio Preto

PALESTRA- Miguel Ângelo Hemzo, professor de Marketing de Serviços e Marketing Estratégico da USP

Consumidores exigentes, produtos refinados e marcas de alto padrão, assim se configura o mercado de luxo, que mesmo com a crise econômica segue expandindo e tendo previsões de alta maiores que até mesmo do que as previsões para a economia do país. Atento a esse nicho de mercado, Rio Preto recebe uma palestra que auxilia empresários a se prepararem para esses consumidores mais exigentes. O evento será na próxima terça-feira no Centro de Convenções da Acirp, em Rio Preto.

Um estudo divulgado pela FGV-EAESP revela que o mercado das classes mais altas crescerá ainda mais que o da classe média. Para o Brasil, que já atingiu taxas de expansão de até 25% nesse setor, estima-se que neste ano o crescimento deva ficar acima de 10%. A palestra será conduzida pelo professor de Marketing de Serviços e Marketing Estratégico da USP, Miguel Ângelo Hemzo, que explica que esse é um mercado muito antigo no mundo, mas que tem se popularizado nas últimas décadas. “O mercado de luxo é algo muito antigo no mundo, mas que tem se popularizado a partir dos anos 80/90 e trouxe o conceito de novo luxo. Atualmente tem se tornado mais acessível e busca proporcionar vivências por meio de experiências e prazeres ao consumidor”, comentou Hemzo.

O luxo é um mercado em constante evolução e possui um conceito que ultrapassa a barreira do que é apenas material. Além do produto em si, os consumidores deste mercado anseiam pela experiência de compra e o atendimento diferenciado. “Com consumidores mais exigentes é importante para a empresa saber como oferecer melhor atendimento e qualidade”, disse.

Para compreender esse novo tipo de consumidor, o Cegente Educação Corporativa decidiu trazer essa palestra para Rio Preto. “Queremos despertar o interesse e entendimento dos empresários de Rio Preto e região para se aprofundarem na Gestão Estratégica de Marketing em um cenário de excelência e exclusividade”, diz Ana Carolina Verdi Braga, diretora do Cegente.

De acordo com Hemzo, a partir de 2000 o crescimento de shoppings pelo país fez com que houvesse certa popularização de marcas de luxo. “Até 2010 mais de 200 marcas de luxo vieram para o país. Para o ano que vem enquanto a tendência de otimismo seja de que a economia brasileira cresça em torno de 3%, as previsões para aumento no potencial de mercado de luxo são em torno de 5%”, explicou.

A palestra será realizada no dia 31 de outubro, a partir das 19h, no Centro de Convenções da Acirp, localizado na Avenida Bady Bassitt, 4052. Os ingressos estão disponíveis para compra no site do Cegente www.cegente.com.br.

 

Por Priscila Carvalho