Mensagem falsa em WhatsApp lota o cartório eleitoral de Rio Preto

CARTÓRIO LOTADO – Somente na tarde de ontem, mais de 500 rio-pretenses foram até o cartório eleitoral de Rio Preto (Foto: Bia Menegildo)

Uma mensagem que circula nas redes sociais, principalmente pelo aplicativo de mensagens Whatsapp, levou cerca de 500 pessoas ao cartório eleitoral, durante todo o dia de hoje, em Rio Preto.

De acordo com a mensagem, o governo teria dado prazo para que os eleitores fizessem o cadastro da biometria até dia 7 de dezembro, sob pena de pagarem multa de R$ 150 e ainda terem documentos como CPF, RG e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensos. A mensagem alertava a possibilidade de ficar sem dirigir por tempo indeterminado e pedia o compartilhamento urgente.

O chefe da zona eleitoral 268, Régis Gaide Pistori, explicou que a falsa mensagem atrapalhou o trabalho normal do cartório. “Apesar do agendamento por telefone estar esgotado, nós estamos trabalhando normalmente. Nenhuma das informações da mensagem é verdadeira. Não existe multa deste tipo e os documentos não serão suspensos. Os eleitores rio-pretenses vão poder votar normalmente, sem biometria, nas próximas eleições. A princípio, o prazo para cadastramento do país inteiro é até 2022”, contou.

“Recebi a mensagem na manhã de ontem, já saí do trabalho e passei aqui. Deixei vários afazeres de casa, como lavar o uniforme da minha filha. Eu não estou acreditando que caí em uma mentira. Agora que eu já estou aqui, vou fazer”, lamentou a doméstica Elizabeth Batista de Souza, de 45 anos.

Em nota, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que em todo o Estado de São Paulo, 85 cidades estão passando pelo cadastramento biométrico obrigatório e o eleitor que não comparecer nos prazos estabelecidos terá o seu título cancelado.

No entanto, como Rio Preto não está na lista, ainda não há prazo final estabelecido para o comparecimento dos eleitores.

Com o título cancelado, o eleitor não poderá tirar passaporte, tomar posse em cargo público, matricular-se em estabelecimento oficial de ensino e obter empréstimo em bancos públicos, entre outros impedimentos.

O cartório eleitoral de Rio Preto informou que quem não realizar a biometria poderá votar normalmente na próxima eleição. O atendimento ao público é feito de segunda a sexta-feira, entre 12h e 18h. A única multa que o eleitor está sujeito é por não ter comparecido em algum turno de alguma eleição passada, que é de cerca de R$ 3 por turno.

Fonte: Redação jornal DHoje Interior 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS