Menina de 11 anos desaparece no Jardim Marajó

A farmacêutica E.C.M., 46, moradora no Jardim Marajó, registrou boletim de ocorrência à zero hora desta quarta-feira, na Central de Flagrantes de Rio Preto, do desaparecimento de sua filha, L.M.T., 11.

Segundo contou à polícia, a menina, que tem olhos castanhos, 52 quilos, cabelos louros longos e crespos e 1,50 m de altura sumiu da residência por volta das 18h40 da última segunda-feira e não deu mais notícias.

A mãe da vítima informou ainda aos policiais que não é a primeira vez que a filha desaparece. A polícia tenta localizar o paradeiro da garota, mas até o fechamento desta matéria não havia pistas.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS