Médicos brigam por causa de vaga em condomínio comercial

Por volta das 17 horas desta segunda-feira, o médico E.P.J., 41, foi sair com seu carro do estacionamento em um condomínio de consultórios, no bairro Mançor Daud, em Rio Preto, quando viu que o automóvel da colega L.V.M.R. estava impedindo o seu caminho.

À polícia, E. alegou que falou para o segurança particular da médica avisá-la e que recebeu como retorno que ela não poderia tirar o veículo, mas que seu marido, C.R.S.J., o faria.

Conforme o boletim de ocorrência, C., que também exerce a mesma profissão, teria vindo exaltado em direção à vítima, mandado que abaixasse o vidro e colocado um braço dentro do carro, tentando segurar E. pelo pescoço, causando arranhões.

Ainda de acordo com o registro policial, o médico agressor teria feito ameaças de morte a E., que procurou a Central de Flagrantes, onde foi feito BO de ameaça e lesão.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS