Médicos anunciam fim da greve na Santa Casa de Santa Fé do Sul

Após três dias de paralisação, os médicos da Santa Casa de Santa Fé do Sul anunciaram o fim da greve na noite desta segunda-feira, dia 4.

A decisão veio depois de uma reunião com os 20 profissionais plantonistas que participaram da greve. A provedoria da instituição anunciou que faria os pagamentos atrasadores referentes aos plantões de setembro. Os médicos decidiram paralisar os atendimentos parcialmente na última sexta-feira, dia 1°.

De acordo com a Santa Casa, durante o período de greve, cerca de 200 atendimentos e exames não foram realizados, além das cirurgias que foram desmarcadas. O motivo da falta de pagamento foi devido à falta de repasse de uma verba de R$ 180 mil, que deveria ter sido feito pela prefeitura no dia 20 de setembro.

A Prefeitura de Santa Fé do Sul é responsável pela gestão da Santa Casa da cidade desde 2014. Antes, quem cuidava era o Estado. O hospital realizada cerca de 350 atendimentos pelo SUS (Sistema Único de Saúde) mensalmente.

No domingo, dia 3, um idoso, de 80 anos, que quebrou o fêmur morreu após esperar 20 horas para ser transferido para o hospital. Arlindo Aparecido Pilhalarmi deu entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade na noite de sábado, dia 2, e não conseguiu ser encaminhado para nenhuma instituição, vindo a óbito. O caso será investigado.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS