Mecânico invade escola para furtar comida e acaba preso

Um mecânico de 23 anos que está morando na rua invadiu a escola municipal Nice Beolchi Nunes Ferreira, nesta terça-feira (11), para saciar sua fome. Ele foi preso pela Guarda Civil Municipal (GCM). A unidade escolar fica no bairro Dom Lafaiete, em Rio Preto.

Para entrar na escola, o mecânico pulou um muro e arrombou uma das janelas. Após o alarme da unidade de ensino disparar, a GCM foi acionada. Os guardas surpreenderam o jovem no local e pediram que ele saísse. Ele deixou o local, mas em seguida retornou.

Dhoje Interior

Questionado pelos guardas por qual motivo invadiu a escola, ele alegou que queria apenas se alimentar, pois estava com muita fome e afirmou ainda que na escola “havia objetos de valor, mas que não se interessou, pois seu objetivo era comer”.

Os guardas constataram que o mecânico consumiu entre outros alimentos iogurte, bolacha, pipoca.

Ele foi encaminhado à Central de Flagrantes e durante o interrogatório, à Polícia Civil, confirmou que danificou a janela da escola para entrar e que contou que está em situação de rua há alguns meses, por isso sua intenção era apenas a de se alimentar. Preso em flagrante, ele permanece à disposição da Justiça e deverá ser indiciado por dano qualificado ao patrimônio público.

Em nota, a Secretaria de Educação informou que a central de monitoramento do sistema de alarme recebeu alerta de invasão na escola municipal e acionou a Guarda Civil Municipal. “Uma janela da escola foi danificada e o reparo está em andamento”, diz o comunicado.

Tatiana PIRES – Redação Jornal DHoje Interior