MEC oferece vagas em cursos de qualificação profissional a distância

A expectativa é abrir 122 mil novas oportunidades, todas gratuitas, que serão disponibilizadas por instituições parceiras - Foto: Banco de imagens.

Mais oportunidades de se qualificar para o mercado de trabalho, sem sair de casa. O Programa Novos Caminhos, do Ministério da Educação, que incentiva o empreendedorismo e o estudo tecnológico no País, deve lançar até o fim deste mês 122 mil vagas de cursos de qualificação profissional a distância. Todas gratuitas.

Um investimento R$ 60 milhões, fora a infraestrutura cedida pelos institutos e escolas técnicas vinculadas às universidades federais e instituições das redes estaduais, distrital e municipais.

Dhoje Interior

As vagas dos cursos online serão liberadas aos poucos, assim que os acordos forem sendo firmados com as instituições parceiras. As novas oportunidades abrangem diversas áreas, como ciências agrárias, tecnologia da informação, meio ambiente, fotografia, línguas e empreendedorismo. A carga horária varia de acordo com a oferta.

Atualmente, já estão abertas oportunidades para se qualificar em áreas como agentes comunitários, assistente administrativo, comprador de moda, auxiliar pedagógico e operador de computador.

Confira aqui onde já tem vaga e o curso.

O Programa Novos Caminhos foi lançado no ano passado. Até 2023, a meta é ampliar em 80% o total de matrículas em cursos técnicos, alcançando 3,4 milhões de matrículas.

Ensino a distância

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o Ensino a Distância vem sendo uma alternativa a muitos brasileiros que querem continuar seus estudos. E estudar longe de casa exige dedicação.  A doutora em educação e professora de EaD Simone Lavorato ressaltou que o certificado de um curso a distância tem o mesmo valor de um certificado de curso presencial.

“Não pode haver distinção dizendo se o curso é na modalidade presencial ou a distância. Então, ele tem o mesmo valor, as mesmas garantias. E a gente percebe uma grande melhoria nesses processos educacionais a distância. A educação a distância é um modelo de transformação educacional, sem volta.”

Segundo ela, a modalidade a distância tem ganhado força com a grande evolução da tecnologia. “O objetivo da EAD é interiorizar a educação. É levar a educação ao maior número de pessoas possíveis. As pessoas que não tem acesso às condições tradicionais de educação acabam encontrando, nessa modalidade, uma oportunidade de estudar”, disse.

Sisu EAD

A partir do segundo semestre deste ano, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) passa a oferecer vagas em cursos na modalidade ensino a distância. O Sisu oferta vagas em instituições públicas de ensino superior com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“Eu acredito que isso vai se expandir ainda mais, porque hoje os processos seletivos pra inclusão nos cursos de educação a distância são isolados. Muitas pessoas não têm acesso a esses processos seletivos. E agora, aproveitando a nota do Sisu, eu acredito que um número muito maior de alunos vai ter a oportunidade de fazer esses cursos à distância”, afirmou Simone Lavorato.

Por Governo do Brasil