Matrículas de estudantes brasileiros crescem 20% na Austrália

O número de estudantes estrangeiros, inclusive brasileiros, que buscam estudar na Austrália bateu novos recordes em 2016 e caminha em franco crescimento. Segundo o Department of Education, a Austrália contabilizou mais de 554 mil estudantes pagando a mensalidade total de seus cursos no país em 2016, em um total de mais de 712 mil matrículas. A proporção da receita proveniente dos alunos internacionais na Austrália, relativamente aos estudantes locais, subiu de 41% em 2011 para 48% em 2015. E as matrículas de estudantes vindos do Brasil cresceram em 20% em 2016.

Os dados foram publicados em um artigo no jornal The Sydney Morning Herald. Segundo a publicação, há grandes chances de esse crescimento ser impulsionado pelo Brexit (a saída do Reino Unido da União Europeia) e as novas políticas aplicadas pelo atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

“Na Austrália existe uma política de imigração bem sólida que facilita a vinda do imigrante, seja para trabalhar na Austrália, por meio da Skilled Ocupation List, seja para estudar como intercambista”, diz MaCson Queiroz, diretor da M.Quality, Assessoria em Imigração e Negócios para a Austrália.

O país da Oceania tem sido cada vez mais uma opção atrativa para quem deseja estudar fora. Além do governo australiano incentivar ointercâmbio na Austrália, o país tem outros atrativos para os estudantes. “Os estudantes levam em conta também a hospitalidade e o estilo de vida do povo australiano, o clima, que não é frio ou chuvoso, as praias e o turismo pelas diferentes partes do país”, cita MaCson.

Para o especialista, as regras da Austrália para estudantes estrangeiros também são atrativas, principalmente se comparadas a outros países. O visto de estudante dá direito a trabalhar na Austrália por 20 horas por semana durante as aulas e nas férias não há limite de horas permitidas. Ou seja, nas férias o estudante pode trabalhar o quanto achar necessário.

Visto para a Austrália – Para descobrir suas chances de morar na Austrália, a M.Quality disponibiliza em seu site o “1º. Passo Gratuito”, serviço que oferece uma orientação básica para avaliar se o candidato é realmente elegível para uma das categorias de vistos australianos. Ao preencher o formulário no site, e sendo elegível a uma das categorias, ele recebe um convite para assistir gratuitamente ao vídeo “Elegibilidade e Agora?”, no qual são apresentados o escopo do trabalho da M.Quality e as demais orientações e esclarecimentos sobre o processo para morar e trabalhar na Austrália.

Da Redação

Fonte: Agência Comunicado

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS