Marco Rillo busca liminar na Justiça para ter sessão remota

Rillo é pré-candidato a prefeito pelo Psol_

O vereador Marco Rillo (Psol) ingressou na Justiça para que as sessões da Câmara de Rio Preto venham a ser realizadas de forma remota durante o período de pandemia do coronavírus na cidade.

O parlamentar, que está no grupo de risco por tem mais de 60 anos e doenças crônicas, não vem participando das sessões que foram retomadas no dia 9 de abril.

Dhoje Interior

Rillo busca judicialmente o direito de participar das votações e debates que estão acontecendo no poder legislativo de Rio Preto e por conta disso a ação proposta vem com um pedido de liminar.

Na semana passada, o Psol partido no qual o vereador é filiado, encaminhou um pedido ao presidente da Câmara, Paulo Pauléra (Progressistas), solicitando que as sessões deveriam ser virtuais para que os vereadores do grupo de risco pudessem exercer suas funções legítimas de legislar.

Pauléra sua vez respondeu que se reuniria na sessão desta quinta-feira (23) com os demais vereadores para debater a possibilidade.

Por Sergio SAMPAIO