Manifestantes pedem impeachment de Gilmar Mendes

Cerca de 150 pessoas se concentraram hoje (17) em frente à Prefeitura de Rio Preto para protestar contra a suprema corte, tendo como alvo o ministro Gilmar Mendes. Inimigo declarado da Lava Jato, o ministro usa de matérias do site The Intercept, elaboradas a partir de mensagens privadas roubadas de agentes públicos da justiça federal, para justificar seus votos. Defende a anulação do processo de Lula, e coloca-se como inimigo declarado do ministro Sérgio Moro, a quem se refere em suas declarações em termos pejorativos.

A partir desse entendimento, diversos movimentos de rua decidiram convocar manifestações em todo o País hoje (17), pedindo o impeachment de Gilmar Mendes. O pedido de impeachment do ministro já foi elaborado pelo jurista Modesto Carvalhosa, e encontra-se na mesa do presidente do Senado Federal, David Alcolumbre.

Cabe agora ao senador David Alcolumbre colocar esse pedido na pauta do Senado Federal e dar andamento, nos termos previstos pela Constituição e pela Lei 1.079/50, a lei do impeachment, para que o processo seja aberto e Gilmar Mendes seja imediatamente afastado de suas funções no Supremo Tribunal Federal, enquanto o plenário do Senado decide pelo afastamento definitivo.

Nesse sentido, as manifestações de hoje servirão como forma de pressão política legítima e democrática para que David Alcolumbre cumpra seu papel, coloque o pedido de impeachment de Gilmar Mender em pauta e dê andamento ao processo nos termos previstos em Lei.

Por JB

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS