MAIS FÉRTIL – PLANO DE MÚLTIPLAS TENTATIVAS DE FIV

Os tratamentos em reprodução assistida, inevitavelmente, provocam um desgaste emocional e também financeiro. Em muitos casos, o objetivo da gravidez não acontece na primeira tentativa de fertilização in vitro, principalmente naqueles casos os quais a mulher apresenta baixa reserva ovariana e idade mais avançada. Qualquer tratamento médico carrega um peso emocional grande e, na reprodução assistida, isso é mais evidente.

Cada passo é importante e passível de alegrias ou tristezas. Sendo assim, hoje é possível , de acordo com o caso, contratar um plano de tratamento de múltiplas tentativas para fertilização in vitro ou ICSI, com óvulos próprios ou em algum momento o plano ser migrado para óvulos doados, de acordo com as decisões do casal.

Dhoje Interior

Oferecido por meio de planos, o programa termina apenas quando os pacientes completam os ciclos contratados ou acontece o nascimento. “No caso de a mulher engravidar, mas abortar, ela retoma o programa de onde parou. No  programa de múltiplos total, podem ser realizados até 12 ciclos de fertilização in vitro com óvulos próprios ou fertilizações múltiplas utilizando até 48 óvulos doados.

Existe ainda, nesse plano, uma tabela de equivalência, na qual o casal pode optar pela combinação que desejar, mudando de estratégia sempre que julgar necessário.

Já os planos múltiplos de óvulos próprios ou doados são para quem tem a certeza do caminho que desejará seguir. No primeiro, podem ser realizados até seis ciclos de FIV, enquanto, no segundo, utilizados até 24 óvulos doados.

Assim, é possível não ter surpresas financeiras durante o tratamento e focar no próximo passo, mesmo diante de um resultado inicial negativo. Outro aspecto muito importante é que o casal passa a dividir a responsabilidade com seu médico, que se encontra empenhado em atingir a gravidez o quando antes, como deve ser em qualquer tipo de tratamento em Reprodução Assistida. A confiança construída permite a tomada de decisões mais guiada pela ciência que pelo medo. É realmente uma mudança de paradigma a possibilidade de contratar um plano de múltiplas tentativas ao invés de apenas uma tentativa.

Quando acompanhamos os casais nesses planos de múltiplas tentativas, notamos que eles apresentam uma menor ansiedade , e em algumas vezes , quando não conseguem resultado com óvulos próprios, a aceitação para a fertilização in vitro com óvulos doados é bem maior.

Por Luiz Fernando Gonçalves Borges – médico ginecologista e obstetra, pós-graduado em Reprodução Humana