MAIS FÉRTIL – Perguntas e respostas em Reprodução Humana

QUAIS OS PRINCIPAIS SINAIS E SINTOMAS QUE PODEM LEVAR O CASAL A PENSAR QUE É INFÉRTIL?

Geralmente, um casal só descobre que apresenta algum fator relacionado à infertilidade quando começa a tentar engravidar e não consegue. Alterações nas tubas uterinas, síndrome dos ovários policísticos que cursa com dificuldade de ovulação e ciclos menstruais bastante irregulares e a endometriose, associada a cólicas menstruais, dor para ter relação e alterações intestinais, são alguns dos principais fatores nas mulheres. Nos homens, a varicocele (varizes nos testículos) que podem iniciar desde a adolescência e cursar com dor local e inchaço é o principal problema.

Dhoje Interior

QUAL A DIFERENÇA ENTRE OS TRATAMENTOS DE FERTILIZAÇÃO IN VITRO (FIV), RELAÇÃO SEXUAL PROGRAMADA, E A INSEMINAÇÃO INTRAUTERINA (IIU)?

Na Relação Sexual Programada, o médico acompanha por ultrassonografia o crescimento folicular e indica a data mais adequada para a relação sexual. Na Inseminação Intrauterina (IIU) o médico acompanha por ultrassonografia o crescimento folicular e os espermatozoides são preparados no laboratório para serem inseridos no fundo uterino.

Na Fertilização In Vitro, os ovários são estimulados para produzirem vários folículos, que serão coletados e inseminados no laboratório. Os embriões serão transferidos para o útero em uma fase adiantada de divisão celular favorecendo a sua implantação. Portanto, na FIV, os eventuais problemas que impedem a fertilização e desenvolvimento inicial do embrião são observados antes da transferência dos embriões para o útero.

MIOMA UTERINO – DÁ PRA ENGRAVIDAR?

O mioma uterino é uma das mais frequentes patologias ginecológicas. Sua principal consequência em termos reprodutivos depende da localização dos miomas e aumento do volume uterino que acarreta. Uma avaliação minuciosa poderá indicar se há a necessidade de tratamento clínico prévio ou indicação de cirurgia antes da tentativa de engravidar.

LAQUEADURA TUBÁRIA – MELHOR REVERSÃO OU FERTILIZAÇÃO IN VITRO?

A mulher que fez laqueadura pode engravidar através das técnicas de reprodução assistida (FIV), tendo seus resultados muito superiores à cirurgia de reversão da laqueadura, já que o retorno à permeabilidade tubária obtida por esta técnica, não significa a obtenção de gravidez, além de ser outro procedimento cirúrgico.

FIZ VASECTOMIA – QUAL MELHOR FORMA DE TER NOVA GRAVIDEZ?
Homens submetidos à vasectomia poderão ter seus espermatozoides obtidos dos epidídimo por procedimento simples, sob anestesia local, através de punção com agulha fina. Estes espermatozoides poderão ser utilizados para uma FIV ou ICSI no óvulo, com índice de gravidez superior à cirurgia de reversão da vasectomia.

QUAIS FATORES PODEM DIFICULTAR MEU TRATAMENTO?

A infertilidade normalmente tem uma causa. Ao longo do tempo, quadros de endometriose e a varicocele, por exemplo, podem piorar e dificultar o resultado dos tratamentos. Além disso, outros fatores relacionados ao estilo de vida, como o tabagismo, a obesidade e, principalmente, a proximidade dos 40 anos no caso das mulheres podem comprometer os resultados.

O NÚMERO DE FOLÍCULOS ENCONTRADAS NA ULTRASSONOGRAFIA SERA O NÚMERO DE ÓVULOS NA PUNÇÃO?

A média de óvulos encontrados na punção é em torno de 80% dos folículos maiores de 15 mm visualizados na ultrassonografia transvaginal. Em menos de 1% dos casos, infelizmente, podemos não encontrar nenhum óvulo na punção.

OS MEDICAMENTOS UTILIZADOS DURANTE O TRATAMENTO SÃO PERIGOSOS?

Não. Os indutores da ovulação são receitados com total segurança há mais de 40 anos em todo o mundo. Vários estudos controlados e publicados nas principais revistas médicas internacionais demonstraram que não existe nenhuma relação com o aumento no risco de câncer de mama e ovário em mulheres que se submeteram à indução da ovulação.

Por Luiz Fernando Gonçalves Borges – médico ginecologista e obstetra, pós-graduado em Reprodução Humana.