Mais de mil pessoas protestam contra reforma constitucional de Putin

Proposta teria a intenção de ajudar o presidente a se manter no poder (Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil)

Mais de mil pessoas saíram às ruas de Moscou nesse domingo (19), para protestar contra a proposta do presidente Vladimir Putin de alterar a constituição da Rússia para mudar a estrutura política do país.

Críticos consideram que a proposta tem a intenção de ajudar Putin a manter o poder após o fim de seu mandato em 2024.

Dhoje Interior

Forças da oposição convocaram pessoas para participar do protesto, planejado para ocorrer em conjunto com uma manifestação em memória de uma jornalista pró-democracia, morta há 11 anos. Cerca de 1,4 mil pessoas compareceram. Algumas delas levavam a Constituição russa nas mãos.

Os manifestantes gritaram palavras de ordem contra o plano de emenda constitucional proposto por Putin e insistiram que o presidente renuncie após o término do mandato.

Não houve registros de confrontos com as forças de segurança. Mas oito manifestantes teriam sido detidos.

Agência Brasil