Mais de 39,1 mil voltam às aulas hoje na rede municipal

Fotos: Ivan Feitosa/SMCS.

ano letivo começa nesta terça-feira para os 39.153 alunos matriculados na rede municipal
de ensino. E 2019 traz novidades para os estudantes, que serão recebidos pelos Anjos
da Escola. Ao todo, são 260 profissionais capacitados para acolherem e garantirem a segurança de milhares de crianças.

Os 495 professores PEB 1, aprovados em concurso público realizado no ano passado, já
foram incorporados ao quadro de pessoal da Secretaria de Educação de Rio Preto.
Além deles, estão trabalhando mais 24 coordenadores pedagógicos, três diretores e
três supervisores de ensino recém-contratados.

Segundo a Pasta, todas as 133 unidades passaram pelo serviço de roçada e mais de 40
receberam nova pintura. Foram compradas carteiras para classes de 6º a 9º ano, nas escolas Michel Pedro Sawaya, Luiz Jacon e Roberto Jorge. A próxima a receber novas carteiras será a escola Darcy Ribeiro.

UNIFORMES E LIVROS
De acordo com a secretária Sueli Costa, a compra dos uniformes foi antecipada e a distribuição de aproximadamente 76 mil peças para as escolas aconteceu em janeiro.
“As escolas têm uniformes para atender todos alunos e há, ainda, mais unidades em
estoque para atender eventuais demandas. As escolas podem distribuir os uniformes a partir do primeiro dia de aula, mas cada escola define a melhor data, em conjunto com pais e responsáveis”, enfatiza.

Cada aluno, segundo ela, irá receber duas camisetas. O Programa Nacional do Livro e
do Material Didático (PNLD) disponibilizou às escolas até seis livros por aluno, referentes aos componentes curriculares de português, matemática, história, geografia, ciências e artes. Em 2019, as unidades receberam livros de educação física para os professores da área e outra obra de Projetos Integradores, que abordam diversas áreas do conhecimento.

“Já foram distribuídos para as escolas mais de 42,5 mil livros dos programas Ler e Escrever
e EMAI (Educação Matemática dos Anos Iniciais), promovidos pela Fundação do Desenvolvimento da Educação (FDE), do Governo do Estado. Há ainda a previsão de chegada de novos livros do EMAI para o segundo semestre”, conclui a secretária.

 

Por Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS