Mãe e filhas se trancam em quarto durante surto de marido

ARQUIVO/GUILHERME RAMOS

Um vendedor de 34 anos teve um surto psicótico e passou a ameaçar a esposa e as filhas, durante a madrugada desta sexta-feira (9), no Jardim Nunes, em Rio Preto. PM precisou dar um tiro com bala de borracha e usar choque para tentar conter o homem.
De acordo com o boletim de ocorrência, a polícia foi chamada para atender um pedido de socorro de uma atendente, de 39 anos, que estaria trancada dentro de um quarto da casa dela junto com as duas filhas por estar sendo ameaçada pelo marido.

No local os policias se depararam com o vendedor alterado e agressivo. A princípio, o homem teria se acalmado e até mantido um dialogo com os polícias, entretanto, ele voltou a se exaltar e falar coisas desconexas e sem sentido. Ainda segundo informações do boletim de ocorrência, o acusado voltou a apresentar surto psicótico e demonstrar alucinações, quando retirou toda a roupa e se trancou no banheiro.

Ele passou a quebrar o banheiro e, inclusive, arrancar os azulejos, momento em que os polícias pediram reforços e arrombaram a porta do banheiro para evitar que ele continuasse a se machucar, foi quando o vendedor partiu para cima dos policias. Ele mordeu um dos PM´s e arranhou o outro policial. Foi necessário o disparo de bala de borracha e uso de choque para controla-lo e algemar o rapaz.

A esposa relatou que o marido é usuário de cocaína e apresenta o mesmo comportamento com frequência. O vendedor foi socorrido até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santo Antônio, onde permaneceu internado.

 

Por Thais COVRE

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS