Luto em criança é tema de palestra hoje em Rio Preto

A palestra será aberta ao público e psicóloga discute o tema evidenciando a difícil tarefa de abordar o assunto morte com crianças.

Como lidar com a morte sem traumatizar uma criança? Sobre este tema, a psicóloga Meire Ravazzi ministra hoje uma palestra com este tema: “O luto pelos olhos da Criança”. O encontro acontece, hoje, às 19h30 em evento aberto ao público, na Capela Ecumênico do Jardim da Paz.

Para a psicóloga Meire Ravazzi, essa é uma tarefa árdua e um tema de difícil abordagem, pois trata da delicadeza da vida emocional da criança e sua compreensão particular sobre as coisas a um tema de difícil compreensão até mesmo para os adultos.

“A morte por sua abstração é compreendida pelo adulto mediante sua aprendizagem ao longo da vida. Tão natural como nascer, a morte não tem a mesma aceitação ou definição para as várias pessoas ou sociedades”, explica Meire.

Hoje crianças, estudantes e pacientes estão colocando perguntas que pais, professores e outros profissionais nem sempre se acham preparados para responder.

O que é a morte? Qual o lugar da morte em nossos pensamentos, sentimentos e ações? Segundo a palestrante diversos fatores têm que ser levados em consideração e devem ser explicados como sua própria dificuldade em compreender e aceitar a morte como um fato; a dor envolvida nesta revelação (explicação) para a criança; o medo e a angústia de separação que envolve este acontecimento; o seu desconhecimento sobre como pensa e sente uma criança em suas várias fases de desenvolvimento.

A psicóloga diz ainda que “Só podemos tentar explicá-la a alguém levando em conta nossa própria compreensão, e explicá-la a uma criança sabendo um pouco do que se passa em seu desenvolvimento”.

 

Por Jaqueline Barros

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS