Loja fecha e deixa cliente sem móveis e sem dinheiro

Foto ARQUIVO/DHOJE

Ontem, um consumidor de Rio Preto foi pego de surpresa com o fechamento de uma tradicional loja de móveis planejados da cidade, localizada na região Central. O servidor público municipal procurou a polícia para relatar que após efetuar pagamentos por um projeto exclusivo sob medida, os responsáveis pela empresa “sumiram”, fecharam as portas e a dona da empresa alega que foi enganada pelo marido e também ficou no prejuízo.

No boletim de ocorrência, a vítima relata que fechou um pedido com a empresa em maio de 2019, com entrega prevista para dezembro do mesmo ano. No último dia 26 de outubro ele procurou a empresa para agendar a medição dos móveis e ficou sabendo que a loja não mais existia.

Dhoje Interior

A vítima disse que ligou para a dona da empresa, mas que essa não assumiu o compromisso da negociação. O servidor pagou a quantia de R$22 mil e afirma que está no prejuízo, até o momento.

Procurada pela reportagem, a sede da loja não tem mais nenhum funcionário dando expediente e encontra-se trancada. Por telefone, a representante legal da empresa não quis comentar o assunto após a nossa identificação.

Por Jaqueline Barros