Liga de Neurologia da faculdade de Medicina FACERES realiza simpósio sobre Hanseníase

Foto Divulgação FACERES

Ministério da Saúde registrou queda de 42,3% da taxa de diagnóstico do país

Brasil ainda é o segundo maior país do mundo em número de casos de Hanseníase

Também conhecida como Lepra, a Hanseníase é uma doença infecciosa e contagiosa causada por um bacilo denominado Mycobacterium leprae e que tem como sintomas manchas claras ou vermelhas na pele que causam a perda de sensibilidade na região. Esses sinais geralmente acometem os braços e as pernas, mas também podem ser vistos em outras partes do corpo. Uma vez que a hanseníase ultrapassa a barreira cutânea e atinge também os nervos, o infectado perde também força e mobilidade dos membros.

No Brasil, segundo o levantamento realizado no DataSUS, o grau de incapacidade física dos adoecidos é avaliado em 87%.

Dados do Ministério da Saúde registraram queda na detecção de casos nos últimos anos no Brasil: de 40,1 mil em 2007 para 25,2 mil em 2016 – o que representa uma diminuição de 42,3% da taxa de diagnóstico do país.

Segundo o médico neurologista e docente da liga de Neurologia da Medicina FACERES Dr. Fábio Henrique Limonte, a Hanseníase em nosso país sofreu uma redução drástica no número de casos, de 19 para 4,68 doentes em cada 10.000 habitantes entre 1985 a 2000, no entanto, o Brasil ainda é o segundo maior país do mundo em número de casos de Hanseníase, atrás apenas da Índia.

“A hanseníase é fácil de diagnosticar, tratar e tem cura, no entanto, quando diagnosticada e tratada tardiamente pode trazer graves consequências. Neste contexto, este simpósio mostrará deferentes visões de profissionais que atuam na prevenção, diagnóstico e tratamento de pacientes com hanseníase. Estes conhecimentos permitirão que o seu diagnóstico clínico seja feito o mais precoce possível” finaliza Dr. Fabio.

Com foco em informações preciosas para o diagnóstico precoce e atualização no tratamento, a liga de Neuro da faculdade de Medicina FACERES realizará um simpósio com o tema “HANSENÍASE”, no dia 30/08 (quinta-feira) a partir das 18 horas no Hotel Saint Paul.

Os convidados são:

🔸Dra. Susilene Maria Tonelli Nardi, terapeuta ocupacional do Adolfo Lutz, mestre e doutora em ciências da saúde e epidemiologia, editora chefe da Revista Hansenologia Internationalis: hanseníase e outras doenças infecciosas.

🔸Dra. Karen Cristina Omekita, dermatologista reconhecida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

🔸Dr Guilherme Perassa Gasque, neurologista, membro titular da Academia Brasileira de Neurologia e da Sociedade Brasileira de Neurofisiolofia Clínica.

Investimento (sujeito a alteração):

Alunos Faceres: R$ 20,00 / Alunos outras faculdades: R$ 25,00.

Informações e inscrições:

Laura Nogueira (T6) – (17)996710078

Heitor Resende (T7) – (17)981702000

Carina Rodrigues (T2) – (17)997392193

Da REDAÇÃO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS