Justiça mantém na cadeia acusados de matar personal

Foto: Cláudio Lahos

A Justiça converteu em preventiva a prisão do casal Joel Fernandes Santos, 39 anos, e a mulher dele, Sidileide Normanha da Paixão, 41 anos, acusados de matar a facadas a personal trainner Andressa Serantoni Zacaron, 28 anos, na última quarta-feira, numa discussão entre vizinhos no bairro Anchieta.

O corpo da jovem foi velado e enterrado no início da tarde de ontem. O crime comoveu a cidade. Com a preventiva decretada, os acusados pelo assassinato devem permanecer presos até o julgamento do caso.

Dhoje Interior

Andressa foi esfaqueada em frente de casa, enquanto alimentava o cachorro. Santos e a mulher foram presos logo em seguida pelo Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia).

A motivação do crime seria que o cão, de médio porte, latia muito e incomodava os vizinhos. Também há outras versões para o crime, que é investigado pela polícia.

De acordo com testemunhas, Sidileide segurou a vítima enquanto o marido a atacava com uma faca de cozinha.

Por Tatiana PIRES