Justiça deve “monitorar” Jean Dornelas

Durante audiência, ontem, no terceiro andar do Fórum de Rio Preto, o vereador Jean Dornelas (PRB) acatou a proposta da Justiça Eleitoral de “Suspensão Condicional do Processo” que o investigou por falsidade ideológica, durante prestação de contas da campanha eleitoral de 2016.

Com o acordo, Dornelas fica obrigado a pagar uma multa de R$ 1,8 mil que deve ser doada ao Fundo da Criança e por dois anos o vereador fica restrito a frequentar alguns lugares e deve dar satisfações à Justiça.

 

Da Redação

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS