Justiça decreta prisão preventiva de jovem que matou mãe e filha

A Justiça decretou prisão preventiva de Bruno Henrique Vasconcelos de Oliveira, de 20 anos. O jovem estava preso em flagrante suspeito de assassinar a facadas a namorada Silvia Dayane Gomes, 22, e a mãe dela, Silvana Xavier Gomes, 44, na tarde de terça-feira.

O crime aconteceu na Estância Santa Clara, região norte de Rio Preto. Bruno foi transferido da carceragem da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais) para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Rio Preto.

Dhoje Interior

Ele permanecerá preso até o julgamento e deverá responder por duplo homicídio qualificado por motivo fútil e feminicídio (contra a mulher por razões da condições de sexo feminino).

O Crime

Bruno de Oliveira foi até a casa da namorada armado com a faca. De acordo com a PM, eles discutiram por ciúme e houve empurrões mútuos. Ele, então, pegou a faca e atingiu Silvia Dayane. A mãe foi tentar separar e acabou sendo atingida no pescoço. Silvana morreu no local.

Após o ataque, o agressor fugiu em um veículo, Fiat Uno, cor verde, mas minutos depois a PM localizou o carro, estacionado em frente a um estabelecimento comercial. Bruno estava lá dentro e de imediato confessou que praticou o crime. A faca usada para agredir mãe e filha era da casa dele e foi localizada dentro do seu carro.

A jovem Silvia Dayane foi socorrida e chegou a passar por cirurgia no Hospital de Base, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada de quarta-feira (16).

Tatiana PIRES – Redação Jornal DHoje Interior

E-mail: [email protected]