Justiça decreta prisão de ex-deputado Gilmar Gimenes

 

O juiz Vinicius Castrequini Bufulin decretou a prisão preventiva de todos os investigados no desvio de verba pública da Santa Casa de Fernandópolis. Entre os presos está do ex-deputado Gilmar Gimenes (PSDB).

Bufulin acatou o pedido do delegado, Ailton Canato, coordenador da Operação Hígia que realizou prisões no dia 17 de fevereiro, em Fernandópolis, Araçatuba e Andradina.  O ex-deputado estadual Gilmar Gimenes foi acusado de participar de um esquema de fraudes na Saúde.

Gimenes e outras oito pessoas seguem para presídios da região. Os envolvidos vão responder por peculato, fraude em licitações, falsidade ideológica, homicídio doloso, aborto e organização criminosa.

A redação do jornal DHoje tentou entrar em contato com o advogado, do ex-deputado,  Ricardo Franco Almeida, mas não teve retorno até o momento.

Da Reportagem