Juiz autoriza entrega de remédio para tratamento do pequeno Enzo

A Justiça de Mirassol-SP (a 14 km de Rio Preto) determinou que seja entregue em até 24 horas o medicamento Spinraza (Nusinersena) ao pequeno Enzo Meninelli Braga da Silva de oito meses e foi diagnosticado com atrofia muscular espinhal. A decisão foi assinada nesta segunda-feira (23) pelo juiz Marco Aurélio Gonçalves da 2º Vara do município.

“São notórios os efeitos nefastos da demora, podendo agravar o estado de saúde do autor, observando que a recusa da requerida centra-se na alegação de que o tratamento não é curativo e não seria indicado para crianças com traqueostomia. Todavia, essas afirmações são refutadas pelo parecer da médica que assiste a criança”, disse o magistrado.

Os pais da criança que não possui condições de arcar com as despesas do tratamento entraram com pedido de judicialização da saúde do garoto, cada ampola do remédio custa R$ 340 mil e Meninelli faz o uso de seis. A família fez uma campanha pedindo doações e músicos do gênero sertanejo se juntaram para arrecadar R$ 2 milhões.

Caso não seja cumprida a ordem judicial a cooperativa de trabalho médico que acompanha o quadro de saúde menino terá de pagar multa diária no valor R$ 500. A liminar não especificou o total de doses a serem disponibilizadas, mas deverá estar de acordo a receita da médica responsável pelo tratamento da doença.

AME

A Atrofia Muscular Espinhal (AME) é uma doença neurodegenerativa caracterizada por causar fraqueza e atrofia muscular progressiva, prejudica os movimentos voluntários mais simples como segurar a cabeça, sentar e andar.

DA REPORTAGEM:

Colaborou: Guilherme Ramos, às 15h44.

 

 

 

 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS