Jovem é flagrada pela GCM com 18 pedras de crack na boca

Durante patrulhamento de rotina, no final da tarde desta quinta-feira, uma guarnição da GCM viu I.S., 18, na frente da estação ferroviária de Rio Preto e ao abordá-la encontrou 18 pedras de crack em sua boca.

Além disso, foram apreendidos R$ 107 em dinheiro com a acusada, que já era conhecida da corporação por ter sido flagrada, em outra ocasião, pelas câmeras de vigilância da área central em atitude suspeita.

Dhoje Interior

Em busca pessoal, a GCM identificou que ela tinha um objeto estranho em sua genitália. Levada até a UPA Tangará, ocorreu a negativa em realizar o procedimento de retirada, sob a alegação de que não havia autorização legal para isso.

A extração do objeto desconhecido também foi recusada pelo mesmo motivo pelo IML (Instituto Médico Legal) e Hospital de Base, segundo boletim de ocorrência.

Na Central de Flagrantes, o delegado plantonista Roberval Costa Macedo converteu a prisão por tráfico de entorpecentes em preventiva e I. foi encaminhada para a carceragem da DIG rio-pretense.

Daniele JAMMAL