Janeiro da Comédia apresenta Desventuras de um Quixote em Terras de um país qualquer ou nenhum

Divulgação

A 17ª edição do Janeiro Brasileiro da Comédia (JBC) traz para Rio Preto nesta sexta-feira, 25, às 20h, a história do cavaleiro Dom Quixote, um dos personagens mais queridos e explorados na área cultural. Como de costume, trata-se de um cidadão que não enxerga a realidade ao seu redor, mas vê monstros e perigos invisíveis. Sua luta é pelos mais fracos e pelo bem, de uma forma geral. Para essa apresentação, não será necessário levar um litro de leite para trocar por ingresso, como acontece nos demais dias.

No sábado, 26, às 11h, Dom Quixote vai para a Mostra Descentralizada, que pela primeira vez espalha os espetáculos do JBC para palcos alternativos de vários locais da cidade. A peça será apresentada na praça Dom José Marcondes, no Centro. Nesta sexta-feira também tem apresentação do espetáculo Circo de Coisas, às 20h, no Eco Santo Antônio pela Mostra descentralizada. No local a entrada é gratuita.

O Janeiro Brasileiro da Comédia é uma realização da Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria de Cultura.

 

Sinopse da peça

O cenário é montado sobre uma Kombi com um palco superior, recebendo os atores em cortejo, cantando a música-tema do espetáculo que abre os trabalhos e conta a história de um reino não muito distante e com um monarca não muito diferente dos nossos governantes.

Além do rei, os personagens se dividem entre o Primeiro-Ministro; a cidadã Dulce (que batalha por melhorias na educação, saúde e transporte); um empresário, que vem cobrar uma dívida do reino; a Grande Mídia; Cidinha, a moradora de rua; e por último, Quixote, que acaba condecorado como cavaleiro real e colocado pelo rei e pela mídia para vagar pelo reino em busca dos “bandidos” que o deixaram em um estado de abandono e pobreza. Antes disso, ele recebe um par de  óculos com a desculpa de ajudá-lo a encontrar os inimigos do reino, mas que na verdade manipula sua visão fazendo-o ver monstros onde não há.

 

Currículo do grupo

A Cia. A DitaCuja foi fundada em fevereiro de 2007 em Ribeirão Preto, com a proposta inicial de criar peças curtas a partir do estudo de poesia, filosofia e técnicas de corpo e voz. Hoje, a companhia tem peças autorais, como Roleta Russa, Florisbela e seus dois pretendentes, WineMerewá, Willi in propriedade, Artes de Branca Flor, entre outras.

 

Histórico JBC

O Festival Janeiro Brasileiro da Comédia foi criado em 2003 para comemorar os 30 anos do Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto e, em 2019, completa 17 anos de história. O JBC é um projeto composto por mostra de espetáculos nacionais do gênero comédia; atividades formativas; debates, envolvendo artistas participantes e convidados, dentre outras ações.

 

 

CIRCO DE COISAS

Duração do espetáculo: 55 minutos

Classificação Indicativa: Livre

 

FICHA TÉCNICA

 

EQUIPE DE CIRCULAÇÃO

 

Elenco:

André Cruz

Flávio Racy

Michelle Maria

Nathália Fernandes

Tânia Alonso

 

Produção: Flávio Racy

Assistente de produção: Mariana Cazula

 

 

EQUIPE DE CRIAÇÃO

 

Direção e dramaturgia – André Cruz

Atuação – André Cruz

Flávio Racy

Michelle Maria

Nathália Fernandes

Tânia Alonso

Preparação Musical – Márcio Bá

Preparação Circense – Ronando de Jesus

Preparação de Técnica de Rua – André Cruz

Cenografia – Flávio Racy

Figurinos – Zezé Cherubini e André Cruz

Composição e trilha sonora – Márcio Bá

Edição de som – Francis Wiermann

Confecção de Máscaras – André Cruz

Confecção de objetos de cena – Cia. A DitaCuja, André Cruz e Tânia Alonso

Orientação teórica – Fábio Resende, Karl Felippe e Delson Ferreira

Programação visual de Flávio Racy

 

Projeto da Cia. A DitaCuja

Direção artística – Flávio Racy

Assessoria de imprensa – Michelle Maria

Fotografia – Sabryna Muralli

Filmagem – Antonio Torres

 

Confira a programação do Janeiro Brasileiro da Comédia

Animo Festa – São José dos Campos

26/1- 20h – Teatro Paulo Moura

27/1 – 20h – Mostra Descentralizada – Centro Cultural Vasco

 

João,  alfaiate – um herói inusitado – Rio de Janeiro

27/1 – 17h – Teatro Municipal Paulo Moura

28/1 -20h – Mostra Descentralizada – CÉU das Artes

 

Mistérius – Campinas

28/1 – Teatro Paulo Moura

29/1 – 20 h – Mostra Descentralizada – Praça de Talhado

 

Julia & Julio– Rio de Janeiro

29/1 – 20h – Teatro Municipal Paulo Moura

30/1 – 20h – Mostra Descentralizada – Centro Cultural Manoel Antunes

 

{Entre} Cravos e Lírios – Brasília

29/1- 20h – Mostra Descentralizada – GTR

30/1 – 20h Teatro Municipal Paulo Moura

Da REDAÇÃO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS