Itinerância da 41ª Mostra Internacional de Cinema traz 10 produções contemporâneas ao Sesc Rio Preto

Cinema e Video - The Square

De 1º a 20 de dezembro, a Itinerância da 41ª Mostra Internacional de Cinema chega ao Sesc Rio Preto. Composta por 10 produções selecionadas desta edição – que exibiu 395 títulos de 59 países – a Itinerância proporcionará ao público a oportunidade de conhecer um apanhado do que o cinema contemporâneo mundial tem realizado, suas principais tendências, temáticas, narrativas e estéticas.

A cinebiografia “O Jovem Karl Marx”, co-produção França, Alemanha e Bélgica, com direção do haitiano Raoul Peck, está entre os destaques da lista. O longa sobre a história do filósofo alemão será lançado comercialmente no Brasil em 28 de dezembro, e antes abrirá a Itinerância no Sesc Rio Preto. A exibição será no dia 1º dezembro, às 20h.

Aos 26 anos, Karl Marx embarca com a mulher, Jenny, para o exílio. Em Paris, eles conhecem Friedrich Engels, filho do dono de uma fábrica que estudou o nascimento do proletariado inglês. Engels traz a Marx a peça que faltava para o quebra-cabeça de sua visão de mundo. Juntos, em meio à censura, greves e agitação política, eles vão liderar uma completa transformação política e social do mundo.

Outros longas que serão exibidos são “The Square”, de Ruben Östlund, vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes deste ano, e “Visages, Villages”, da diretora homenageada nesta edição, Agnès Varda, em codireção com o fotógrafo e muralista JR. O filme póstumo do cineasta iraniano Abbas Kiarostami, “24 Frames”, também integra a programação.

O público poderá conferir ainda os candidatos da Suíça e da Coreia do Sul a uma indicação de Melhor Filme Estrangeiro no próximo Oscar, “Mulheres Divinas” e “O Motorista de Táxi”, respectivamente, além do próprio sueco “The Square”.

O novo longa de Philippe Garrel, “O Amante de um Dia”, e um dos longas realizados este ano pelo sul-coreano Hong Sang-Soo, “O Dia Depois”, estão na Itinerância. O premiado filme argentino “Uma Espécie de Família” e o alemão “De Encontro com a Vida” completam a programação. A entrada é gratuita.

“O cinema, como manifestação artística, tem o potencial de sensibilizar o olhar, instigando os sentidos a experimentarem, mesmo que por semelhantes lembranças, parte de uma complexa realidade cultural e humana, diversidade esta apresentada nos filmes da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, que, em parceria com o Sesc, circula em diferentes unidades da Instituição na capital, no interior e no litoral”, considera Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc São Paulo.

A Itinerância Sesc leva uma amostra da programação da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo para um total de 11 cidades do interior paulista. Além de Rio Preto, alcança as unidades do Sesc de Araraquara, Bauru, Campinas, Jundiaí, Piracicaba, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São José dos Campos e Sorocaba.

MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA – ITINERÂNCIA 2017
De 1/12 a 20/12, às 20h – Sesc Rio Preto – Sala de Uso Múltiplo. 30 pessoas. Grátis. Retirada de convites com 1h de antecedência.

 Programação completa:

 O JOVEM KARL MARX
Direção: Raoul Peck. França, Alemanha, Bélgica. 2017. 118 min.
Aos 26 anos, Karl Marx embarca com a mulher, Jenny, para o exílio. Em Paris, eles conhecem Friedrich Engels, filho do dono de uma fábrica que estudou o nascimento do proletariado inglês. Engels traz a Marx a peça que faltava para o quebra-cabeça de sua visão de mundo. Juntos, em meio à censura, greves e agitação política, eles vão liderar uma completa transformação política e social do mundo.
Dia 1/12, sexta, das 20h às 22h
Não recomendado para menores de 12 anos

O AMANTE DE UM DIA
Direção: Philip Garrel. França. 2017. 76 min.
Essa é a história de um pai, sua filha de 23 anos – que volta para casa depois de terminar um relacionamento – e sua nova namorada, que também tem 23 anos e vive com ele.
Dia 6/12, quarta, das 20h às 22h
Não recomendado para menores de 14 anos

O DIA DEPOIS
Direção: Hong Sang-soo. Coreia do Sul. 2017. 92 min.
É o primeiro dia de trabalho de Areum em uma pequena editora. Bongwan, seu chefe, terminou recentemente o relacionamento que mantinha com a funcionária que trabalhou ali anteriormente. Hoje também, Bongwan, que é casado, sai de casa na manhã ainda escura e parte para o trabalho. Naquele dia, sua esposa encontra um bilhete de amor, explode no escritório e acaba confundindo Areum com a mulher que ele deixou.
Dia 7/12, quinta, às 20h
Não recomendado para menores de 12 anos

DE ENCONTRO COM A VIDA
Direção: Marc Rothemund. Alemanha. 2017. 111 min.
Saliya ficou parcialmente cego na adolescência. Apesar disso, não desistiu do seu sonho de trabalhar em um hotel de luxo. Sem contar a ninguém que mal vê, o rapaz consegue um estágio no hotel mais conceituado de Munique. No entanto, quando Saliya se apaixona por Laura, seu plano, cuidadosamente elaborado, começa a desmoronar.
Dia 8/12, sexta, às 16h
Não recomendado para menores de 10 anos

UMA ESPÉCIE DE FAMÍLIA
Direção: Diego Lerman. Argentina, Brasil, Polônia, França. 2017. 96 min.
Malena recebe uma ligação que mudará sua vida: o bebê que adotou está prestes a nascer. Ela viaja para buscá-lo e logo se vê chantageada pelos pais biológicos do recém-nascido. Malena passa a ser atormentada por dilemas morais e legais que a fazem se questionar sobre o quão longe está disposta a ir para obter o que mais deseja.
Dia 9/12, sábado, às 16h
Não recomendado para menores de 14 anos

THE SQUARE
Direção: Ruben Östlund. Suécia, Alemanha, França, Dinamarca. 2017. 142 min.
Christian é o respeitado curador de um museu de arte contemporânea, um pai divorciado e dedicado, que apoia boas causas. Sua próxima exposição é The Square, uma instalação que convida os transeuntes ao altruísmo. Mas às vezes é difícil viver de acordo com seus próprios ideais: a resposta tola de Christian pelo roubo de seu telefone o leva a situações vergonhosas. Enquanto isso, uma agência de relações públicas cria uma inesperada campanha para promover The Square. A reação é exagerada e conduz Christian, assim como o museu, a uma crise existencial. Filme vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes.
Dia 13/12, quarta, às 20h
Não recomendado para menores de 14 anos

MULHERES DIVINAS
Direção: Petra Volpe. Suíça. 2017. 96 min.
Nora é uma jovem dona de casa que mora em uma pequena cidade com o marido e os dois filhos. O interior da Suíça permanece à parte dos grandes movimentos sociais surgidos em 1968. A vida de Nora tampouco é afetada, até começar a lutar publicamente pelo direito ao voto feminino, que os homens devem decidir nas urnas no dia 7 de fevereiro de 1971.
Dia 14/12, quinta, às 20h
Não recomendado para menores de 14 anos

VISAGES, VILLAGES
Direção: Agnès Varda e JR. França. 2017. 89 min. Documentário.
Agnès Varda e JR têm coisas em comum: sua paixão por imagens e, mais particularmente, o questionamento sobre os lugares onde elas são mostradas e a maneira como são compartilhadas e expostas. Agnès escolheu o cinema. JR escolheu criar galerias fotográficas ao ar livre. Quando os dois se conheceram, em 2015, imediatamente quiseram trabalhar juntos e fazer um filme na França, longe das cidades. Em encontros aleatórios ou planos pré-concebidos, eles partem em direção a outras pessoas e as convidam a segui-los em sua viagem de caminhão.
Dia 15/12, sexta, às 20h
Não recomendado para menores de 10 anos

24 FRAMES
Direção: Abbas Kiarostami. Irã, França. 2016. 120 min.
“Um dia, quando eu não tinha nada para fazer, comprei uma Yashica barata e saí pela natureza. Eu queria estar em contato com ela. Ao mesmo tempo, desejava compartilhar com os outros momentos agradáveis que testemunhei. É por isso que comecei a tirar fotografias. Para, de alguma maneira, eternizar esses momentos de paixão e dor…”.
Dia 16/12, sábado, às 16h
Livre

O MOTORISTA DE TÁXI
Direção: Jang Hoon. Coreia do Sul. Cor. 2017. 137 min.
Um taxista de Seul é contratado por um jornalista estrangeiro para levá-lo até a cidade de Gwangju. Ao chegar lá, eles se deparam com o lugar tomado pelo governo militar e com os cidadãos, liderados por um grupo de estudantes, reivindicando liberdade. O que começa com uma simples corrida de táxi se torna uma luta pela sobrevivência em meio à Revolta de Gwangju, evento real que aconteceu na Coreia do Sul em maio de 1980.
Dia 20/12, quarta, às 20h
Não recomendado para menores de 16 anos

Da REDAÇÃO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS