Inusitado: Ladrão devolve relógio furtado via Correios

Receita médica identifica o suspeito. Foto Divulgação

Uma mulher que teve um relógio furtado dentro de uma farmácia, no último mês de setembro, recebeu o produto de volta pelos Correios, em sua residência. O ladrão foi identificado a partir da receita médica que apresentou no estabelecimento e concordou em devolver o produto via correspondência.
De acordo com o boletim de ocorrência registrado na época do crime, a mulher foi até a farmácia comprar um remédio para um familiar e, durante o atendimento, aproveitou para aferir a pressão. Para realizar o procedimento, foi necessário que ela tirasse o relógio de pulso, avaliado em cerca de R$ 1,1 mil.
Como a mulher estava preocupada com uma cirurgia que o familiar faria no dia seguinte, ela esqueceu o relógio no balcão do estabelecimento. A vítima procurou o gerente da farmácia e conseguiu as imagens do circuito interno de segurança que mostravam um homem pegando o relógio e guardando.
A partir das imagens, o gerente da farmácia não conseguiu identificar o suspeito, mas informou à Polícia Civil o nome da clínica que forneceu a receita médica ao paciente. Na clínica, o homem de 33 anos, morador da cidade de Itapecerica, estado de Minas Gerais, foi reconhecido e identificado.
Através da Polícia Civil mineira, a equipe de investigação de Rio Preto conseguiu contato por telefone com o suspeito. Ele confessou o crime, disse que ainda estava com o relógio e concordou em devolver, mas não tinha previsão de retorno para Rio Preto.
Ainda durante a conversa por telefone, o ladrão concordou em enviar o relógio, via Correios, para a vítima. A “encomenda” foi entregue em uma caixa de sapatos e, depois de apreendida e periciada, foi devolvida à vítima.
Mesmo com o relógio devolvido, o homem ainda vai responder na Justiça pelo crime de furto.
Conteúdo especial: Bia MENEGILDO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS