Inglaterra e Croácia decidem segunda vaga na final

De um lado uma seleção campeã do mundo, mas que não disputa uma única final desde 1966. Do outro, uma seleção que representa um país recém-separado da antiga Iugoslávia, mas que já alcançou grandes feitos na Copa do Mundo. É com esse histórico que Inglaterra e Croácia se enfrentam nesta quarta-feira (11) na semifinal, às 15h, no Estádio Luzhniki.

Os ingleses conseguiram se reerguer após a traumática eliminação para a Islândia na Eurocopa de 2016. A equipe conseguiu voltar a uma semifinal de Copa do Mundo depois de 28 anos e ainda conta com o artilheiro do mundial. O técnico Gareth Southgate terá força máxima para o jogo contra os croatas. Henderson, Vardy e Pickford voltaram a treinar e ficam a disposição para a partida. A bola aérea tem sido a maior arma da Inglaterra. Foi assim que eliminaram a Suécia nas quartas de final.

Considerada a zebra desta semifinal, a Croácia chega a fase decisiva depois de passar por duas disputas de pênaltis (contra Dinamarca e Rússia). A geração de Modric, Rakitic e Mandzukic tem a oportunidade de superar a campanha de Suker em 1998, quando a seleção ficou na 3ª posição. O goleiro Subasic, que sentiu uma lesão no músculo posterior da coxa direita, treinou normalmente e deve jogar. As duas prorrogações seguidas tem exigido do condicionamento físico dos atletas e o zagueiro Lovren foi poupado dos treinos durante a semana, sendo dúvida para a semifinal. Outro machucado é o lateral direito Vrsaljko, que sentiu dores no joelho direito contra a Rússia.

Abaixo as prováveis escalações das equipes:
Croácia: Subasic, Córluka (Vrsaljiko), Lovren (Kovacic), Vida e Strínic; Modric, Rakitic, Rebic e Perisic; Kramaric e Mandzukic.

Inglaterra: Pickford, Walker, Stones e Maguire; Henderson, Ashley Young, Lingard e Dele Alli; Sterling e Harry Kane.
(Colaborou: Vinicius LIMA)

 

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS