INÉDITO: Filhote recebe tratamento com células-tronco no Hospital Veterinário da Unirp

Léo é o primeiro cachorro a receber tratamento com célula-tronco em Rio Preto e região. Foto: Hospital Veterinário da Unirp

Na sexta-feira (14), um cachorro da Raça Chow Chow foi o primeiro animal a receber tratamento com célula-tronco em Rio Preto e região. O procedimento foi desenvolvido pelo Hospital Veterinário da UNIRP.
O animal, de 4 meses, chama-se Léo. O cãozinho está passando pelo tratamento, pois contraiu Erlichiose, popularmente conhecida como a doença do carrapato. A doença gerou aplasia de medula, ou seja, a morte da medula óssea, o que levou o fim da produção de sangue no organismo do animal.
Com a destruição da medula óssea, o animal deixou de produzir célula de sangue. Assim, mesmo com transfusões de sangue, o cachorro não teria condições de posteriormente constituir seu próprio material e, diante do quadro, o procedimento indicado pelos médicos do Hospital foi a aplicação de células-tronco com a finalidade de reestruturar a medula óssea e assim, restabelecer novamente as funções hematológicas do animal.
Para o Dr. Halim Atique Netto, diretor do Hospital Veterinário da UNIRP, as aplicações da célula- tronco são aplicadas a cada 21 dias, porém como a saúde do animal é delicada, o cachorro vai receber mais uma dose e conforme o organizamos do animal for reagindo, vai ser liberado da terapia. “Ele ainda está correndo perigo e tem risco de óbito. No entanto, com o tratamento, esperamos que a medula óssea do animal se regenere para que o organismo volte a produzir sangue sozinho”, comenta o veterinário.
Conteúdo especial: Leandro BRITO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS