IML identifica vítima fatal de ‘surfe ferroviário’

Foto: Karol Granchi

O jovem que morreu na tarde desta quarta-feira, após cair e ser atropelado por um trem no cruzamento da linha férrea com a rua Bernardino de Campos, no Centro de Rio Preto, foi identificado no Instituto Médico Legal (IML), na manhã de hoje.

Diego Ramos Castro era rio-pretense e não tinha antecedentes criminais. Segundo testemunhas, ele fez ‘surfe ferroviário’ e se desequilibrou enquanto pegava ‘beirão’ no vagão.

O trânsito foi interrompido logo após o acidente, que mobilizou policiais, bombeiros e peritos da Polícia Técnica.

Esse é o segundo atropelamento por trem na cidade desde o início do ano. No dia 15 de janeiro, um adolescente de 14 anos perdeu o braço direito ao ser atingido por uma composição no Jardim Conceição. O menor também pegou carona na ‘rabeira’ do trem.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS