Idosa deixa de pagar contas da filha e é ameaçada de morte

A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Rio Preto investiga um caso de ameaça e injúria, registrado na Central de Flagrantes, na noite desta quinta-feira, em que a vítima, uma idosa de 66 anos, moradora na Caic, foi jurada de morte pela própria filha, uma auxiliar administrativa, de 44.

A acusada não se conforma que a mãe deixou de pagar as suas contas e passou a xingá-la de “vagabunda, vadia e biscate”, além disso ameaça colocar fogo na casa da aposentada, que mora no fundo do terreno, ocupado na frente pela residência da filha.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS