Idesp de escolas rio-pretenses sobe nas três etapas de ensino

ENSINO - Índices apontam avanços no município de RP

A Secretaria da Educação do Estado anunciou nesta quarta-feira os resultados do Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo), que é calculado com as notas do Saresp (Sistema de Avaliação e Rendimento Escolar do Estado de São Paulo) nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, além das taxas de aprovação, reprovação e abandono. Rio Preto avançou nas três etapas de ensino, sendo que no ciclo 1 do Ensino Fundamental, o Idesp do município subiu de 5,90 para 5,98; no ciclo 2 o índice foi de 3,37 para 3,61 e no Ensino Médio de 2,87 para 2,9.

A divulgação dos dados foi feita em conjunto com as notas do Saresp antes do início do ano letivo para que as Diretorias de Ensino possam avaliar os resultados. A região de Rio Preto apresentou dados positivos e o desempenho do 3º ano do Ensino Fundamental saltou de 182,7 para 197,1, em Língua Portuguesa, e de 204,9 para 226,6 em Matemática. Já no 5º ano, a região se destacou em Matemática (230,6 para 234,3) e teve pequena queda em Português (225,8 para 222,9). No 9º ano, houve aumento nas duas disciplinas: Língua Portuguesa (245 para 250,5) e Matemática (262,4 para 265,6). No 3º ano do Ensino Médio houve crescimento de 248,7 para 285,1 em Língua Portuguesa.

Dhoje Interior

Já com relação aos dados estaduais do Saresp, a disciplina de matemática avançou em todos os ciclos de aprendizagem, tanto no Ensino Fundamental como Ensino Médio. O destaque ficou para o ciclo 2 do Fundamental (9º ano), que obteve o maior avanço na disciplina: saltou de média 251,0 em 2016 para 256,7 em 2017, tendo 5,7 pontos a mais. Os avanços também ocorreram no 3º ano do Ensino Fundamental (201,8 para 203,6), 5º ano do Fundamental (222,4 para 223,8) e o 7º ano do Fundamental (227,5 para 228,4). O Ensino Médio passou de média 278,1 para 278,3 entre 2016 e 2017 na disciplina de matemática.

As provas do Saresp foram aplicadas em 08 e 09 de novembro a alunos do 3º, 5º e 7º e 9º anos do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio em todas as cinco mil unidades escolares. Mais de 900 mil estudantes participaram da avaliação.

 

Da Reportagem