ICA-HB está em 6º lugar no Estado em casos de câncer diagnosticados

Divulgação

O Instituto do Câncer do Hospital de Base (ICA-HB) está em 6º lugar em número de casos diagnosticados no Estado de São Paulo. A informação consta no registro estadual hospitalar da doença, que analisa 75 centros de atendimento.

Pelo levantamento, é o que mais diagnostica este tipo de moléstia entre os hospitais que não são exclusivos para os portadores de câncer. No ano passado, o instituto rio-pretense realizou 53.072 consultas e mais de 20 mil exames diagnósticos, entre os quais, PET-CT, tomografia, ressonância magnética, cintilografia, mamografia, endoscopia, colonoscopia e ultrassom.

Em 2017, o ICA atendeu 3.555 pacientes com diagnósticos do tumor, dos quais, 97% (3.464) foram descobertos em exames feitos pela Funfarme e apenas 3% (91 pacientes) em outras instituições de saúde.

O Instituto do Câncer, que atende pacientes do SUS, tem ambulatório composto por sala administrativa, Serviço Social, duas salas de procedimentos, emergência e 20 consultórios com 23 equipes médicas mantendo atendimento, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

Conforme informações da Fundação, são mais de 56 mil atendimentos realizados pelo Hospital de Base, o Instituto do Câncer e o Hospital da Criança e Maternidade, este último a única instituição que possui oncologia pediátrica em Rio Preto.

O HB atende pacientes portadores de câncer desde o início de suas atividades em 1970. “Nos últimos anos este atendimento tem aumentado gradativamente e várias especialidades verticalizaram seus conhecimentos criando subespecialidades voltadas especialmente para o atendimento ao paciente portador de câncer”, afirma a direção do hospital, em nota.

E acrescenta que “este crescimento foi tão grande que, em 2006, foi criado o Instituto do Câncer designado de ICA-HB para proporcionar um atendimento diferenciado e priorizado para estes pacientes”.

TRATAMENTOS

O Hospital de Base oferece também à população tratamento cirúrgico com equipes especializadas na retirada de tumores sólidos em todas as partes do corpo.

De acordo com a direção do HB, o setor de radioterapia conta com o que há de mais moderno em tecnologia no mundo. Com mais de 1000 m² de área construída, possui equipe multidisciplinar com médicos radioncologistas, nutricionistas, enfermeiras, físicos, odontologistas e fonoaudiólogas que atendem os pacientes em um único lugar.

Realizada em espaço diferenciado a fim de oferecer conforto e descanso ao paciente durante o procedimento, o serviço de Quimioterapia possui uma equipe multidisciplinar especializada composta por farmacêuticos, enfermeiros, médicos, assistentes sociais, psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e nutricionistas que prestam atendimento aos pacientes oncológicos durante o procedimento. O setor de infusão de quimioterapia disponibiliza dois leitos e 19 poltronas.

Com a divisão da Rede Hebe Camargo pelo CROSS, o Hospital de Base é referência para os 102 municípios que compreendem a DRS XV para TMO (Transplante de Medula Óssea) e Câncer Infantil.

É ainda referência em tratamento de todos os tipos de câncer para 11 municípios do colegiado de José Bonifácio, 17 municípios para o colegiado de Votuporanga e 19 municípios para o colegiado de Rio Preto, exceto a cidade de São José do Rio Preto que pela divisão da Rede a Santa Casa local é referência para os rio-pretenses.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS