Ibilce está com programação especial para o Setembro Amarelo

Foto Divulgação

O GED Bioética (Grupo de Estudos e Discussões em Bioética) de Rio Preto, em parceria com a Sessão Técnica de Saúde do Ibilce, está com uma programação especial de reflexão e de conscientização sobre o suicídio. O evento tem relação direta com o Setembro Amarelo. A primeira atividade já foi realizada na segunda-feira (10), porém outras estão previstas para ocorrer nas próximas semanas.

Desde 2014, o mês de setembro é o período marcado por ações que tem como objetivo dar visibilidade e discutir o suicídio junto à sociedade, por meio da campanha Setembro Amarelo. Tendo em vista que o assunto ainda é uma tabu, eventos são organizados no intuito de mostra a importância de se falar no assunto. Foi pensando nisso que o Ibilce programou um calendário com atividades voltadas a alunos, a funcionários e a toda a população de Rio Preto e região.

“O nosso objetivo é discutir, pois nós sabemos que o suicídio é um tema muito estigmatizado pela população, poucas pessoas gostam de falar. O intuito é falar sobre o assunto, porque nós sabemos que hoje uma das poucas maneiras que temos de prevenir o suicídio é falando sobre. Muitos acham que falar do suicídio é uma forma de instigar a prática, mas não. Uma das poucas e mais efetivas ferramentas é o diálogo”, comenta Renan Mouro Martins, coordenador de comunicação da GED Bioética e membro da comissão organizadora do evento.

Programação
Os organizadores voltam a oferecer atividades no próximo dia 21 de setembro. Será uma manhã recheada com atividades culturais e de conscientização. O evento vai ter início às 8h15 com a apresentação do Coral da Unesp/Campus de São José do Rio Preto. Além disso, terá apresentações, atividades envolvendo poesia e palestras. Como ver a luz no fim do túnel?, é a palestra que a psicóloga Maria Cristina Figueiredo de Faria vai ministrar. Nela, ela vai discutir como as pessoas podem vencer as angústias, os desafios e enfrentar as situações difíceis.

A programação dá continuidade no dia 27/09, quando será realizado às 14h, uma roda de conversa com profissionais da Secretaria de Saúde do Município de São José do Rio Preto. Como a temática do suicídio, a atividade vai encerrar o evento e será uma discussão com a plateia, para tirar dúvidas das pessoas sobre o assunto. Caso tenha interesse de saber mais detalhes da programação, é possível consultar o site da Unesp, no www.ibilce.unesp.br.

Importância
Segundo Martins o evento tem um papel importante tanto dentro quanto fora da universidade. “Dentre as populações com maior vulnerabilidade para o suicídio, estão os estudantes universitários, segundo estudos internacionais. Quando nós temos esse problema, precisamos levar o tema para a universidade. Sabemos que todo mundo dentro e fora da universidade pode enfrentar problemas como o suicídio, então é uma forma de levar informação para a população em geral. As pessoas podem ir ao evento para conseguir informações ricas que dificilmente encontram em outros meios. Assim, assistindo as palestras, elas ficam mais informadas”, enfatiza Martins. Conteúdo especial: Leandro BRITO

 

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS