Hotelaria: Reinventando o simples

Chef Jessé César traz toda sua vertente fusion influenciada, principalmente por técnicas asiáticas da Tailândia e Índia. (Foto Divulgação)

Resort aposta na simplicidade dos pratos com toque de sentimento para atrair e fidelizar clientes.

A gastronomia sempre vai ser um dos principais atrativos num resort. A cozinha de um hotel é associada ao estar bem, a felicidade e faz com que os hospedes se lembrem de momentos em que a família se reunia aos domingos na casa da avó, esperando o arroz com feijão feito carinhosamente em um fogão a lenha.

O segmento vive um novo momento. Não há mais a ideia de esconder segredos e manter a sete chaves uma receita de sucesso. A nova onda é compartilhar o conhecimento e as descobertas, criar pratos de acordo com cada cliente.

Vários hotéis e resorts já estão se moldando a nova realidade. Na região, por exemplo, o do Enjoy Olímpia Park Resort preserva essa culinária tradicional e usa como diferencial o sentimento na hora de cozinhar, conforme explica o chef de cozinha, Jessé César.
“Aqui é preciso se reinventar todos os dias. São mais de duas mil refeições diárias entre café da manhã, almoço e jantar. E na hora de criar, é só se lembrar da comida da mãe, da avó. Não tem como errar”, comenta Jessé.

Na cozinha de Jessé são 29 pessoas envolvidas no processo culinário. Um verdadeiro exército que pensa 24horas em comida. A cozinha do Resort não para. É uma maratona nova a cada dia. O cardápio leva em consideração que na cozinha de um hotel deve-se criar demais, gastando pouco. Os ingredientes são de época e, tudo o que é servido no local é produzido ali mesmo, tudo de forma artesanal. O movimento de valorizar a culinária focada nos ingredientes locais ganhou mais força.

“A principal diferença entre um restaurante tradicional e um restaurante de resort é que você não pode deixar de criar ao mesmo tempo em que precisa suprir uma demanda dessa magnitude. Temos entre nossos colaboradores uma nutricionista e dois subchefs. Cada um com sua logística de trabalho”, explica o chef.

Mas o que esperar da nova gastronomia? Segundo Jessé é preciso aproximar o cliente da cozinha, do chef. “Temos um projeto de cozinha experimental direcionado aos hóspedes. A importância dessa atividade é a troca de experiências, técnicas e proximidade entre funcionários e clientela, proporcionando inclusive pratos individualidades”.

Com mais de 20 anos de experiência, tendo trabalhado com renomados mestres como o francês Emmanuel Bassolet, o chef Jessé César traz toda sua vertente fusion influenciada, principalmente por técnicas asiáticas da Tailândia e Índia, para o Enjoy Olímpia Park Resort.

O Enjoy Olímpia Park Resort é o hotel de alto padrão mais próximo do parque aquático Thermas dos Laranjais, em Olímpia, a 430km da capital, São Paulo.
(Conteúdo especial: Jaqueline BARROS)

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS