Homem se passa por policial para aplicar golpe em comerciante

Um homem de 24 anos foi preso, após se passar por policial do Batalhão de Ações Especiais da Polícia (BAEP), na tarde desta sábado (25), em Rio Preto.

Um policial do BAEP foi informado por outro funcionário do batalhão que seu nome estava sendo utilizado para obter vantagem em uma marmitaria da cidade. Para despistar o comerciante do crime, o suspeito, Eduardo Henrique da Silva Nunes Teixeira, que se passava por ‘Della Torre’ forneceu o CNPJ do batalhão.

O acusado comprou uma marmita no valor de R$ 27, pagou com uma transferência bancária no valor de R$ 227 e pretendia receber do comerciante R$ 200 de troco.  A vítima suspeitou e começou a procurar por conhecidos policiais e assim constatou que tratava-se de um golpe.

As equipes policiais recomendaram ao comerciante que marcasse um local para a entrega do dinheiro ao estelionatário em mãos e não por transferência bancária como solicitado. Após chegada ao local combinado, a vítima constatou que tratava-se do criminoso. Eduardo Henrique, que chegou em um veículo por aplicativo, confessou o crime e  foi preso em flagrante por estelionato.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS