Homem fica gravemente ferido ao tentar apagar incêndio de moto

Foto: Divulgação / Polícia Militar

Um gesseiro, de 36 anos, morreu depois que teve 70% do corpo queimado ao tentar apagar um incêndio em uma moto. O acidente foi na tarde de sábado (14), na estrada vicinal que liga Rio Preto ao distrito de Talhado, e o homem morreu na tarde de domingo (15).

Segundo consta no boletim de ocorrência, Lucas Filisbino da Silva tentou conter um princípio de incêndio na motocicleta. As chamas se espalharam para um canavial, às margens da rodovia, e atingiu a vítima.

Mesmo ferido, o Lucas conseguiu chegar a um posto de combustíveis para pedir ajuda. Os bombeiros foram acionados e ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Base.

A assessoria de imprensa do HB informou que a vítima teve queimaduras de primeiro e segundo grau em 70 % do corpo. As regiões mais atingidas foram o rosto, os braços e o tórax.

A usina que administra o canavial conseguiu conter as chamas. As causas do incêndio serão investigadas.

Por Bia MENEGILDO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS