Homem acusa ex de entregar criança após o nascimento

Um ajudante geral, de 32 anos, acusa a ex-namorada de entregar o filho do casal, de apenas 54 dias de vida para a adoção. O caso foi registrado na madrugada de sábado (25), em Rio Preto.

De acordo com o boletim de ocorrência, o homem disse que ficou sabendo que a mulher havia tido um filho. Desconfiado de que era o pai da criança, o homem foi atrás da mulher e, com autorização dela, fez um teste de DNA que comprovou a paternidade.

O homem ficou sabendo que a ex-namorada havia entregado o filho para uma terceira pessoa e firmado um acordo de adoção. A mulher que adotou a criança é conhecida do homem e disse que o avô materno da criança estaria exigindo dinheiro dela.

A criança foi entregue para o pai, que decidiu registrar o boletim de ocorrência para não ser acusado de sequestro. O Conselho Tutelar foi acionado e está acompanhando o caso.

O homem foi orientado a procurar a Delegacia de Defesa da Mulher para pedir a guarda definitiva da criança, que permaneceu com ele.

Por Bia MENEGILDO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS