Hemocentro apresenta queda em estoque do tipo O negativo

Foto: Sérgio Sampaio

O Hemocentro de Rio Preto emitiu um comunicado nesta semana pedindo ajuda de pessoas com o tipo sanguíneo O-, considerado o doador universal. De acordo com a entidade, nos últimos três dias o estoque ficou 40% abaixo do nível considerado ideal.

“Nós tivemos uma queda de doadores espontâneos nas últimas semanas e isso acabou refletindo nosso estoque. A tipagem O- é muito utilizada em casos de emergência, devido ao fato de ser um sangue que pode ser utilizado em qualquer paciente, por isso o consumo acaba sendo maior”, explicou a supervisora de enfermagem do Hemocentro, Mariana Coltro.

Dhoje Interior

Apesar do foco dos pedidos de doações serem em pessoas do tipo O-, a supervisora garante que o Hemocentro precisa também dos outros tipos sanguíneos. “Nós procuramos ter estoques em de todos os tipos, pois assim não sobrecarregamos o do O-. Quando acontece de faltar algum tipo, nós tentamos entrar em contato com doadores que já são conhecidos”, afirmou.

O requisito básico para ser doador é ter entre 16 e 69 anos. No caso de menores de 18 anos, é necessário estar acompanhados de um responsável. O doador precisa levar um documento oficial com foto (RG ou CNH), ter mais de 50 kg, a pessoa no dia da doação, não estar em jejum, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas estar bem de saúde. Por conta da pandemia, os doadores não podem ter estado em contato com pessoas com sintomas ou confirmados com Covid-19.

As doações podem ser agendas de segunda a sexta, das 7h às 13h, pelos números (17) 3201-5151 e (17) 3201-5078.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior