Greve dos caminhoneiros: Universitários têm aulas suspensas em Rio Preto

Muitos universitários em Rio Preto foram pegos de surpresa nesta segunda-feira (28) com a suspensão das aulas e atividades de universidades da cidade, consequência da dificuldade na mobilidade que vem sendo enfrentada pela população devido à greve dos caminhoneiros. Com o final do semestre, muitos alunos tiveram as provas e trabalhos adiados.

Dentre as faculdades, a Unorp confimou que mantém as aulas normais até a quarta-feira (30), último dia de aula antes do período de férias da instituição. Os professores não vão aplicar provas e trabalho nesta semana, mas atividades e aulas de reforço para avaliações serão mantidas.

A Unilago suspendeu as atividades pedagógicas de todos os cursos, com exceção dos alunos de medicina. As avalições que estavam agendadas até o dia 02 de junho serão remarcadas para a próxima semana.

Os alunos da Faceres tiveram as aulas e atividades suspensas nesta segunda-feira (28), porém na terça-feira (29) já está programado o retorno normal das atividades. A Unip também soltou um comunicado aos alunos informando sobre a suspensão das atividades no início desta semana e aguarda um posicionamento da central em São Paulo para definir se será necessária a suspensão das aulas para demais dias.

A Estácio também não teve aula nesta segunda-feira. A instituição afirmou que se houver necessidade de suspender as atividades nesta terça-feira, fará um comunicado aos alunos pela manhã.

Os alunos da Fatec terão as aulas suspensas até o próximo dia 30 de maio, mesma decisão tomada pela direção da Unesp, em Rio Preto. Durante reunião na manhã desta segunda-feira (28), mais de dois mil alunos do Ibilce foram atingidos pela decisão, que visa não prejudicar os estudantes que enfrentam dificuldades para chegar à universidade. As atividades voltam ao normal no dia 04 de junho.

Pela Unirp as aulas foram suspensas nesta segunda-feira e a direção deve soltar um novo comunicado informado se haverá suspensão em outros dias da semana. Todas as provas dos cursos de graduação, marcadas até o dia 02 de junho, estão suspensas e devem ser remarcadas na próxima semana.

Por Priscila CARVALHO

 

 

 

SEM COMENTÁRIOS