Greve dos caminhoneiros já traz reflexos a serviços da saúde em Rio Preto

A Rename contará com, no mínimo, 1.098 medicamentos e insumos

Os serviços de saúde vinculados ao município sejam eles da Atenção Básica, Atenção Especializada e Urgência continuam funcionando normalmente em Rio Preto. Durante a manhã desta segunda-feira (25), na UBS Santo Antonio, complexo da Faceres, os atendimentos foram desmarcados por decisão da direção da Faculdade, e já estão sendo remarcados pela mesma.  A secretaria de Saúde já notificou a faculdade quanto à necessidade de manter o atendimento em virtude do contrato firmado entre ambas as partes.

A Santa Casa suspendeu temporariamente as cirurgias eletivas, priorizando os atendimentos de urgência e emergência. O hospital realiza diariamente uma média de oito cirurgias eletivas.

O Hospital de Base vai suspender as cirurgias eletivas nesta terça e quarta-feira (29 e 30) de forma preventiva para não afetar os atendimentos de urgência e emergência, que tem alta demanda. Até o momento a assessoria de imprensa do hospital afirma que não há falta de produtos, insumos e medicamentos e que a medida visa manter esse estoque para atendimentos emergenciais. Não há marcação de cirurgias eletivas durante feriados e finais de semana.

De acordo com a assessoria de imprensa, os hospitais Unimed e Austa ainda não foram afetados pela greve e mantém normalmente os atendimentos e cirurgias.  O hospital Beneficência Portuguesa não respondeu a solicitação do jornal.

Por Priscila CARVALHO

SEM COMENTÁRIOS