Governador em exercício entrega 49 novas viaturas para a PM

A Polícia Militar de Rio Preto recebeu as viaturas ontem

O governador em exercício Rodrigo Garcia esteve ontem (8), em Rio Preto, para a entrega de 49 viaturas para o CPI-5 (Comando de Policiamento do Interior). Ao todo, serão entregues 69 novas viaturas, que entrarão em operação até setembro e já estão com uma nova identidade visual.

“Ainda faltam 20 viaturas para completar a frota de 69 veículos, mas o que queremos mostrar é que estamos priorizando a área da segurança, em todo o Estado de São Paulo. Aproveito a oportunidade da entrega para agradecer a Polícia Militar do Estado de São Paulo. Não tivemos ainda a condição de melhorar os três pilares da polícia, mas mesmo assim a polícia se esforçou, trabalho e melhorou todos os índices de criminalidade de São Paulo. Todo esse esforço está sendo e será ainda mais reconhecido pelo governador João Doria, que mobilizou a mim como secretário de Governo e o conjunto dos outros secretários para que a gente encontre os mecanismos para concluir a valorização do policial e isso significa melhoria de carreira e salário e, do outro lado, mais equipamento e mais esforço na inteligência para que tenhamos uma polícia ainda mais preparada para o enfrentamento ao crime”, disse Rodrigo Garcia, durante discurso na entrega das viaturas.

Foram investidos R$ 5,6 milhões na compra dos veículos, que vão auxiliar no policiamento preventivo e ostensivo, com o objetivo de aumentar a segurança da população. Os veículos fazem parte de um pacote de aquisição de 1.674 viaturas à instituição em todo o Estado de São Paulo, totalizando um investimento de R$ 122,9 milhões, além das 62 já entregues ao Corpo de Bombeiros com o custo de R$ 14,8 milhões.

As novas viaturas enviadas para Rio Preto serão distribuídas entre os batalhões do CPI-5, o 16º BPM/I, em Fernandópolis, 17º BPM/I, de Rio Preto, 30º BPM/I, em Catanduva, 52º BPM/I, em Mirassol, e o 9º Baep, também em Rio Preto.

A tenente Amália Paci, relações públicas do CPI-5, explica que ainda não há uma data para a troca de toda a frota. “As viaturas serão substituídas aos poucos. Toda a semana recebemos novos veículos e, por isso, o número muda de um dia para o outro”, explicou.

O novo grafismo faz parte do programa de governo para reforçar a segurança do Estado, sem elevar os custos com ‘grafismo’ (pintura/adesivagem), aproximando-se às características Internacionais de Segurança Pública.

A compra dos veículos foi anunciada pelo governo João Doria, em março deste ano. Na ocasião, o governador disse que o Estado ganharia um lote com 148 Bases Comunitárias Móveis, 300 motocicletas para as Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), 1.226 para a Força Tática e Radiopatrulha e 62 para o Corpo de Bombeiros. Os primeiros veículos serão do Corpo de Bombeiros e Bases Comunitárias Móveis. O investimento total é de R$ 136 milhões.

Por Jaqueline BARROS

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS