GCM usa arma de choque para imobilizar bêbado em Rio Preto

Um homem de 22 anos foi preso por embriaguez ao volante depois de bater o carro contra a sarjeta e discutir com guardas municipais, na madrugada de sábado (4), no bairro Costa do Sol, em Rio Preto.

De acordo com o boletim de ocorrência, os guardas municipais viram o momento em que o carro dirigido pelo homem seguia em ziguezague pela avenida Ernani Pires Domingues. Poucos minutos depois, o motorista perdeu o controle do carro e acabou colidindo contra uma sarjeta.

Ao ser abordado, o homem apresentou comportamento agressivo e foi necessário o uso de arma de choque para imobilizá-lo. Como apresentava sinais de embriaguez, o homem foi conduzido à Central de Flagrantes, junto com a namorada, que também estava no veículo.

Em depoimento, o homem confessou ter bebido e alegou que, durante uma discussão, a namorada teria puxado o freio de mão do carro, causando o acidente. Também disse que apenas recusou ser algemado, pois os guardas apontavam a arma para ele, sem motivo aparente.

A namorada também foi ouvida pelo delegado. Ela disse que alertou o homem que ninguém usava seta para virar na rua, quando o homem teria puxado o freio de mão para não bater em outro veículo.

O homem se recusou a fornecer amostra de sangue para realização do exame de alcoolemia, que é para verificar a dosagem de álcool ingerida pelo suspeito, e acabou preso.

O delegado responsável pelo caso não arbitrou fiança, ficando o homem detido, à disposição da Justiça.

Da Redação

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS