Garçom é acusado de agredir ex-companheira em casa de amigo

R.X.S.J., 30, que trabalha como garçom e é morador do Cambuí, foi indiciado por lesão corporal na Central de Flagrantes de Rio Preto.

Segundo a dona de casa, J.F.F., 42, residente no Jardim Maria Lúcia, mesmo após o término do relacionamento, continuou a ter encontros amorosos com o acusado.

Nesta segunda-feira, o suspeito a convidou para tomar cerveja e após foram até a casa de um amigo do garçom, no Jardim Simões, onde a vítima teria sido agredida e impedida de ir embora.

A dona de casa disse à polícia que fugiu da residência somente no dia seguinte, pulando o muro do quintal do imóvel, depois que o agressor pegou no sono.

Foi expedida guia para que a vítima passe por exame de corpo de delito no IML rio-pretense. O caso será investigado pela DDM.

Por Daniele Jammal

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS