Galpão de fábrica abandonada desaba em Rio Preto

Parte da estrutura de uma fábrica abandonada desabou, na manhã desta terça-feira (9), na Vila Maceno, em Rio Preto.

Equipes dos Bombeiros, Guarda Civil Municipal e Defesa Civil estiveram no local. De acordo com o 1º Tenente Marcos Vinícius Silvestre, no local do acidente, antigamente, funcionava uma fábrica beneficiadora de arroz e o que causou o desabamento será investigado.

“O primeiro procedimento que tivemos foi de isolar o lugar e entramos no imóvel para ter certeza que não havia vítima. Parte dos escombros atingiu um carro que estava estacionado na rua, retiramos todo o material que estava na calçada. Vamos eliminar o risco do local, ainda tem estruturas que podem desabar, vamos efetuar o desabamento do restante para ter certeza que não irá mais desabar”, explica Silvestre.

As ruas Cristóvão Colombo e Josina Teixeira de Carvalho ficaram interditadas para evitar a aproximação de pessoas. “Por ter risco de desabamento, por isso ninguém pode atravessar a rua. A gente teve que corta energia das proximidades para segurança dos bombeiros e transeuntes”, afirma o 1º Tenente Marcos Vinícius Silvestre

O carro atingido pelos escombros pertence ao comerciante que trabalha próximo onde tudo aconteceu. “Eu estacionei na frente do prédio, escutei o barulho, quando eu olhei o carro estava coberto de entulho, pelo jeito deu perda total”, lamenta José Lima.

De acordo com pessoas que passavam pelo local, o motorista de um caminhão seguia pela rua Cristóvão Colombo quando parte da carroceria enroscou nos fios de energia pública que estavam ligados ao galpão. “Eu ouvi o barulho, estava trabalhando,  vi o prédio caindo, mas pensei que fosse porque a estrutura já estava velha, mas o moço que viu disse que foi um caminhão que passou e levou um fio e o prédio veio abaixo. Geralmente, fica a fila da lotérica fila ali perto, hoje não estava. O barulho foi muito alto”,  conta a atendente Camila Liduenha.

Por Mariane Dias 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS