Funcionária é demitida de clínica e faz denúncias aos familiares dos pacientes

Foto: Guilherme Ramos

A Polícia Civil vai investigar um caso de difamação contra uma clínica de repouso. Os responsáveis pelo local registraram um boletim de ocorrência depois que uma funcionária demitida entrou em contato com familiares de idosos fazendo supostas denúncias.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na tarde de sexta-feira (13), os responsáveis pela clínica de repouso contrataram uma funcionária no último dia 26 de março. Após várias cobranças da documentação para fazer o registro da funcionária, a diretora do departamento financeiro do local disse que esperaria por mais cinco dias.

Terminado o prazo, a funcionária não entregou a documentação e, dias depois, os diretores comunicaram que ela estava demitida. A funcionária alegou que não havia entregado a documentação, pois estava recebendo seguro desemprego.

Em contato com a empresa que indicou a funcionária, os diretores descobriram o emprego anterior da mulher. Ao questionar o responsável do local, ele disse que não poderia responder, pois havia um processo criminal, sem passar maiores detalhes.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, depois de ser demitida, a mulher teria feito contato com familiares da clínica de repouso e, entre outras informações, disse que era oferecido apenas 1,5 quilo de frango a 45 pacientes do local.

O caso foi registrado como difamação e será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher.

Por Bia MENEGILDO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS