Flamengo vence e Mano Menezes é demitido do Palmeiras

Foto: Alexandre Vidal

O Palmeiras sua terceira derrota seguida no Campeonato Brasileiro neste domingo (1), ao perder para o campeão Flamengo por três a um. O revés acabou causando a queda do técnico Mano Menezes, que deixa o comando do Verdão depois de 20 jogos, sendo 11 vitórias, quatro derrotas e cinco empates. Alvo de diversos protestos da torcida palmeirense nas últimas semana, o diretor de futebol Alexandre Mattos também deixou o clube.

Dentro de campo, o Flamengo abriu o placar logo aos três minutos, quando Gabigol saiu na cara do goleiro Jaílson e tocou para Arrascaeta empurrar para o fundo das redes. No final da primeira etapa, o uruguaio retribuiu a assistência e deixou Gabigol de frente pra meta ampliar a vantagem do Rubro-Negro.

Logo no começo do segundo tempo, o zagueiro Vitor Hugo errou na saída de bola e Gabigol marcou o terceiro do Flamengo. Durante a comemoração do artilheiro do campeonato, torcedores do alviverde arremessam uma cadeira dentro do campo. Depois disso, a equipe carioca passou a administrar o resultado, enquanto o Palmeiras ganhava mais espaço no ataque. Bruno Henrique e Willian chegaram a acertar a trave de Diego Alves, mas foi o volante Matheus Henrique que diminuiu a vantagem para o Verdão. O próximo compromisso do Palmeiras será contra o Goiás, na quinta-feira (28).

Peixe na vice-liderança

Com a derrota do Verdão, o Santos conseguiu ampliar para três pontos a sua vantagem na vice-liderança do Brasileirão. A equipe de Jorge Sampaoli bateu a já rebaixada Chapecoense por dois a zero na Vila Belmiro e chegou aos 71 pontos, sendo a melhor campanha do Peixe desde 2006.

O primeiro gol saiu logo aos sete minutos, quando Evandro cruzou da esquerda para Lucas Veríssimo cabecear dentro da pequena área. Após o gol, o Peixe apenas administrou o resultado durante todo o jogo, sem sofrer perigos da Chapecoense. No início da segunda etapa, o alvinegro ainda ampliou com Evandro completando o chute de Marinho. Na próxima quarta-feira (4), o Santos enfrenta o Athletico-PR fora de casa.

Timão cai no Horto

O Corinthians não conseguiu manter o bom desempenho que teve contra o Avaí e foi derrotado pelo Atlético-MG por dois a um neste domingo (1) em Belo Horizonte. A derrota faz com que o Timão ainda corra o risco de ficar de fora da Libertadores. Já o Galo garantiu matematicamente sua permanência na Série A.

O Atlético começou o jogando pressionando o Corinthians e chegou a marcar com Réver após uma cobrança de escanteio, mas o auxiliar marcou impedimento. Aos 19 minutos, Cazares soltou uma bomba no ângulo de Cássio para fazer um a zero para o Galo. Logo em seguida, o Timão empatou o jogo com Janderson pegando o rebote no chute de Gustavo. No segundo tempo, o autor do gol corinthiano cometeu pênalti depois de dar um carrinho em Cazares dentro da área. Na cobrança, Fábio Santos decretou a vitória do Galo. Com quatro pontos de vantagem em relação ao Fortaleza, atual 9º colocado, o Corinthians precisa vencer o Ceará na próxima quarta-feira (4) para garantir a classificação para a Libertadores.

Goleada e vaga garantida

Antes mesmo de entrar em campo, o São Paulo garantiu sua vaga na Libertadores com a vitória do Fortaleza por dois a um contra o Goiás. Dentro do gramado, a situação para o Tricolor paulista, que foi goleado por três a zero contra o Grêmio em Porto Alegre.

Os gols do jogo saíram apenas na segunda etapa, quando o time gaúcho marcou três vezes em menos de dez minutos. O primeiro foi com Luciano cobrando pênalti. O segundo foi um gol contra de Vitor Bueno, após cobrança de falta de Alisson. Por fim, Cebolinha deixou Luciano na cara de Thiago Volpi para definir a goleada gremista. O próximo confronto do São Paulo será contra o Internacional na quarta-feira (4).

Vinicius Lima

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS