Fiesp e INSS renovam acordo para reabilitação de profissionais

oportunidades - 500 bolsas de estudo integral em qualificação profissional foram oferecidas

Na tarde de ontem, na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em São Paulo, a parceria entre Fiesp, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e o INSS, para promover a reabilitação dos segurados por meio de 500 bolsas de estudo integral em qualificação profissional em diversas áreas tecnológicas, foi assinada e irá beneficiar, de imediato, todos aqueles incapacitados de trabalhar e afastados, que terão uma nova oportunidade de emprego.

“Assinamos hoje um novo acordo ampliando o projeto e esperamos atender muito mais beneficiários do que atendemos na primeira fase”, disse o presidente do INSS, Francisco Paulo Soares Lopes.

Diretor da Fiesp, Sylvio de Barros ressaltou que a reabilitação é importante para a dignidade do trabalhador. “São pessoas que de uma forma ou de outra estão afastadas. Elas têm um salário, passam a contribuir para o INSS, e, com isso, a gente vai diminuir o buraco da Previdência, e assim também elas passam a ter dignidade própria”, disse.
A ideia do programa foi iniciada em outubro do ano passado e ontem a primeira turma iniciou as aulas.

“Essa primeira parte foi um período de experiência, hoje inauguramos a primeira turma e agora queremos multiplicá-la de uma forma mais efetiva”, finalizou o presidente do INSS.
A seleção dos participantes é feita pelo INSS a partir de critérios preestabelecidos.

 

Por Marcelo SCHAFFAUSER

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS