Fatec abre inscrições para vestibular

A Fatec (Faculdade de Tecnologia) de Rio Preto abriu as inscrições para o vestibular nessa terça-feira (8). As inscrições podem ser feitas até o dia 8 de junho. A prova será no dia 1 de julho.

Os cursos oferecidos são Agronegócio (40 vagas de manhã e 40 vagas período noturno), Analise e Desenvolvimento de Sistemas (40 vagas à tarde) e Informática para Negócios (40 vagas de manhã e 40 vagas a noite). Os cursos mais procurados são os do período noturno. Há uma expectativa de que 800 candidatos participem do processo seletivo neste ano.

Dhoje Interior

José Alexandre Ducatti, coordenador do curso de informática para negócios afirmou que muitos alunos são empregados após se formarem. ”Quando visitamos empresas encontramos muitos ex-alunos trabalhando. Outros até abriram o próprio negócio”, disse. O aluno Pedro Henrique Pinheiro Ferraz é um exemplo, com 21 anos ele já está atuando na área. “É uma excelente oportunidade para quem quer ingressar na área de TI e os professores são qualificados para suprir a necessidade dos alunos”, afirmou o estudante.

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo site www.vestibularfatec.com.br. Para se inscrever é necessário preencher a ficha de inscrição e o questionário socioeconômico, imprimir o boleto e pagar a taxa no valor de R$ 64,80 em qualquer agência bancária. O manual do candidato está disponível na internet para download gratuito. No ato da inscrição é possível escolher um curso em primeira opção e colocar como segunda opção: o mesmo curso (presencial) de primeira opção em outro período na mesma Fatec; ou o mesmo curso (presencial) de primeira opção oferecido em qualquer período de outra Fatec; ou ainda qualquer curso (presencial) com o mesmo conjunto de disciplinas prioritárias (a relação dos cursos estará na internet no momento em que o candidato for definir a segunda opção), em qualquer Fatec e período.

O Sistema de Pontuação Acrescida do Centro Paula Souza concede bônus de pontos à nota final obtida no exame, sendo 3% a estudantes afrodescendentes e 10% a oriundos da rede pública. Se o candidato se enquadrar nas duas situações, obtém 13% de acréscimo.
(Colaboração:Vinicius LIMA)

 

Da REPORTAGEM