Fábio Marcondes ‘vence’ acusações de compra de votos

Fábio Marcondes foi eleito com 8095 votos e agradeceu a Deus pela vitória. Foto: Ygor Andrade

O vereador Fábio Marcondes (PL), obteve vitória contra as acusações de compra de votos nas eleições de 2016. Segundo o promotor da 125º Zona Eleitora de Rio Preto, Sérgio Acayaba de Toledo, “não há provas que possam amparar oferecimento de nova denúncia”. Com isso, Toledo sugere o arquivamento do inquérito.

O pedido de arquivamento do processo foi feito nesta quinta-feira (22), que havia sido reaberto em abril deste ano a pedido da Justiça local, após anulação de buscas da Polícia Federal.

Durante três anos em que foi alvo destas denúncias, Marcondes foi derrotado em duas ocasiões. A primeira em processo cível e a segunda na esfera criminal eleitoral. A primeira derrota (cível) poderia ter retirado o parlamentar de suas funções como legislador, mas o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) extinguiu as duas sentenças por considerar que os pedidos de buscas e apreensões determinadas pela Justiça Eleitoral da cidade eram genéricos.

Presente na comemoração do aniversário de 18 anos do Semae, o vereador ouviu palavras de apoio do presidente da Câmara Municipal, Paulo Pauléra (Progressitas), que enalteceu seu caráter e empenho.

“É motivo de muita alegria estar aqui comemorando o aniversário da autarquia, mas não posso deixar de prestar meus sinceros parabéns também a outro vitorioso, o vereador Fábio Marcondes, que foi inocentado de acusações infundadas e agora, mais do que nunca, se consolida como o vereador mais votado da história da cidade”, destacou Pauléra.

Ao DHoje, o vereador destacou a família e os amigos como igualmente vitoriosos.

“É uma vitória da minha família, uma vitória dos meus amigos e dos 8095 eleitores que confiaram seus votos a mim. Agradeço a Deus; passamos por isso, porque precisávamos passar, mas com o resultado final feliz, mais aliviado, e espero poder continuar servindo a população de São José do Rio Preto como venho fazendo, com seriedade e honestidade”, disse o vereador, que conclui: “Saio fortalecido por Deus”.

Por Ygor Andrade

 

 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS